Elon Musk revela mais detalhes de seus planos para o Twitter após a compra

Planos do magnata da tecnologia incluem novos recursos e maneiras de aumentar a confiança na plataforma

Por Tom Ozimek 

Elon Musk revelou mais detalhes do que ele tem em mente para mudanças no Twitter depois que foi confirmado que a empresa aceitou sua oferta de compra. Os planos do magnata da tecnologia incluem novos recursos e maneiras de aumentar a confiança na plataforma.

O conselho administrativo do Twitter disse em 25 de abril que havia aprovado a oferta de Musk de comprar o Twitter por US $54,20 por ação em dinheiro, em um acordo no valor de cerca de US $44 bilhões.

A compra representa um prêmio de 38% sobre o preço de fechamento das ações do Twitter em 1º de abril, com Parag Agrawal, CEO do Twitter, dizendo em uma declaração que acredita que o acordo “é o melhor caminho a seguir para os acionistas do Twitter”.

‘Alicerce de uma democracia funcional’

Em uma declaração, Musk forneceu alguns detalhes sobre que tipo de mudanças ele tem em mente para a plataforma de mídia social, cujo compromisso com a liberdade de expressão ele repetidamente questionou.

“A liberdade de expressão é a base de uma democracia em funcionamento, e o Twitter é a praça da cidade digital onde são debatidos assuntos vitais para o futuro da humanidade”, disse Musk. Isso se encaixa com suas declarações anteriores de que o Twitter funciona como uma “praça da cidade”, onde conversas importantes devem ocorrer com o mínimo de restrições possível.

Musk disse na segunda-feira que o Twitter tem um “enorme potencial” e que quer trabalhar com a empresa e seus usuários para “desbloquear” e tornar a plataforma “melhor do que nunca”.

Ele disse que planeja “aprimorar” o Twitter com novos recursos, sobre os quais ele não forneceu mais detalhes. Musk criou anteriormente uma enquete no Twitter perguntando aos usuários se eles querem um botão de edição na plataforma, sugerindo que essa poderia ser uma das mudanças que ele está tentando realizar.

Musk também disse na segunda-feira que quer tornar os algoritmos da plataforma de “código aberto para aumentar a confiança”, enquanto “derrota os bots de spam e autentica todos os humanos”.

Isso também reforça suas observações anteriores de que seu objetivo ao tentar comprar o Twitter e transformá-lo em uma empresa privada era transformá-lo em um bastião da liberdade de expressão, abrindo seu algoritmo ao escrutínio público e tornando suas políticas de moderação mais transparentes.

‘Algoritmo da Caixa Preta’ 

Como um “absolutista da liberdade de expressão” autodenominado, Musk disse ao público em um recente evento TED em Vancouver, Canadá, que o Twitter deveria permitir expressão irrestrita, embora devesse fazer isso segundo a lei.

“Na minha opinião, o Twitter deve corresponder às leis do país”, disse Musk, reconhecendo limites legais razoáveis ​​para a liberdade de expressão, como incitação direta à violência ou gritos de “fogo” em um teatro lotado.

“Mas indo além disso e não ficando claro quem está fazendo quais mudanças para onde, ter tweets misteriosamente promovidos e rebaixados sem nenhuma percepção do que está acontecendo, ter um algoritmo de caixa preta promovendo algumas coisas e não outras coisas, acho que isso pode ser bastante perigoso”, disse Musk.

“Meu senso forte e intuitivo é que ter uma plataforma pública que seja extremamente confiável e amplamente inclusiva é extremamente importante para o futuro da civilização”, acrescentou.

Errar do lado da liberdade de expressão

Musk também expressou relutância em relação a banimentos permanentes de usuários do Twitter, preferindo “tempos limite” temporários.

“Não estou dizendo que tenho todas as respostas aqui”, disse Musk na palestra do TED. Mas acho que queremos ser muito relutantes em excluir coisas, simplesmente ter muito cuidado com proibições permanentes. Tempos limite eu acho que são melhores do que banimentos permanentes”.

Em termos de calibrar as políticas de moderação do Twitter, Musk disse que gostaria de errar no lado da liberdade de expressão.

“Em caso de dúvida, deixe o discurso, deixe-o existir”, disse Musk. “Se for uma área cinzenta, eu diria para deixar o tweet existir. Mas, obviamente, em um caso em que talvez haja muita controvérsia, você não necessariamente gostaria de promover este tweet”.

“Um bom sinal de que há liberdade de expressão é que alguém de quem você não gosta pode dizer algo que você não gosta”, disse Musk. “E se for esse o caso, então temos liberdade de expressão”.

‘Estamos preocupados’

Musk questionou repetidamente o compromisso do Twitter com a liberdade de expressão, após acusações de que a plataforma suprimiu alguns pontos de vista minoritários e politicamente conservadores, alegações que o Twitter negou.

Muitos defensores da liberdade de expressão elogiaram a oferta de aquisição de Musk, enquanto aqueles que se opõem expressaram temor de que menos restrições à expressão no Twitter tornem muito fácil abusar do alcance e do poder da plataforma, por exemplo, espalhando desinformação.

Em uma série de tweets reagindo aos movimentos de aquisição de Musk, a Anistia Internacional expressou preocupação com a erosão das políticas destinadas a proteger os usuários.

“Estamos preocupados com quaisquer medidas que o Twitter possa tomar para corroer a aplicação das políticas e mecanismos projetados para proteger os usuários”, escreveu a Anistia Internacional.

“A última coisa que precisamos é de um Twitter que deliberadamente feche os olhos a discursos violentos e abusivos contra usuários”, disse o grupo.

Como foi confirmado que Musk compraria o Twitter, o fundador da Tesla exortou seus “piores críticos” a permanecerem na plataforma.

“Espero que até meus piores críticos permaneçam no Twitter, porque é isso que significa liberdade de expressão”, escreveu ele em um post no Twitter.

Dan Ives, analista da empresa de investimentos Wedbush Securities, disse à BBC que espera que a maioria dos usuários adotem uma “abordagem de esperar para ver” se eles permanecem ou saem da plataforma, com base nas mudanças que ocorrem.

“Agora trata-se de cortejar novos usuários e parar os desertores da plataforma”, disse, Ives ao canal.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas