Elon Musk critica Partido Democrata chamando de Partido da ‘divisão e ódio’

Tweet de Musk veio após a remoção da Tesla de um importante índice de ações

Por Emel Akan 

O CEO da Tesla, Elon Musk, intensificou suas críticas ao Partido Democrata, rotulando-o de partido de “divisão” e “ódio” em um tweet recente. Ele também disse que votaria nos republicanos.

“No passado, votei nos democratas, porque eles eram (principalmente) o partido da bondade”, escreveu o bilionário no Twitter na quarta-feira.

“Mas eles se tornaram o partido da divisão e do ódio, então não posso mais apoiá-los e votarei nos republicanos. Agora, observe a campanha de truques sujos deles se desenrolar contra mim…”

Desde que anunciou uma oferta de aquisição para o Twitter, Musk afirmou repetidamente que se tornou alvo de ataques da esquerda.

“Os ataques políticos contra mim aumentarão dramaticamente nos próximos meses”, escreveu Musk novamente na quarta-feira.

Vários republicanos aplaudiram os tweets de Musk.

“Bem-vindo, Elon. Fico feliz em ter você”, escreveu o deputado Paul Gosar (republicano do Arizona) no Twitter.

O tweet de Musk veio após a remoção da Tesla de um importante índice de ações S&P 500 ESG Index, que acompanha o desempenho das empresas com base em critérios ambientais, sociais e de governança (ESG). A S&P Global Ratings citou questões como alegações de discriminação racial e más condições de trabalho na fábrica da Tesla em Fremont como a justificativa para a exclusão.

Musk não ficou satisfeito com a decisão, chamando o índice ESG de “uma farsa”.

“Foi armado por falsos guerreiros da justiça social”, escreveu Musk no Twitter sobre a decisão.

Na quarta-feira, as ações da Tesla caíram quase 7 por cento devido a uma venda generalizada do mercado. Este ano, as ações da empresa caíram quase 40%.

O bilionário reconheceu em 27 de abril, em um tweet, que os ataques contra ele estavam “chegando rápido e grosso”, mas eram principalmente “da esquerda, o que não é surpresa”.

Musk anteriormente criticou o presidente Joe Biden e questionou se ele está realmente no comando.

Ele afirmou em uma entrevista em podcast que votou “esmagadoramente nos democratas” no passado, mas criticou o atual governo e as políticas do partido.

“O verdadeiro presidente é quem controla o teleprompter”, disse Musk sobre Biden. “O caminho para o poder é o caminho para o teleprompter”.

No mês passado, Musk foi notícia ao apresentar uma oferta para adquirir o Twitter. A empresa aceitou a oferta do bilionário de US $54,20 por ação em dinheiro, em 25 de abril, avaliando a empresa em aproximadamente US $44 bilhões.

Mais tarde, Musk anunciou que sua aquisição da plataforma de mídia social “não pode avançar” até que haja mais clareza sobre os bots de spam do site.

Alguns especularam nos últimos dias que Musk pode estar tentando negociar um preço mais baixo, e suas críticas à divulgação de contas falsas do Twitter podem fazer parte de sua estratégia para atingir esse objetivo.

Jack Phillips contribuiu para esta reportagem.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas