Egito: ruínas de antigo templo de Zeus são descobertas no Sinai

Há também vestígios que datam dos períodos cristão e islâmico primitivo

Por The Associated Press 

CAIRO – Arqueólogos egípcios desenterraram as ruínas de um templo para o antigo deus grego Zeus na Península do Sinai, disseram especialistas na segunda-feira.

O Ministério do Turismo e Antiguidades disse em um comunicado que as ruínas do templo foram encontradas no sítio arqueológico de Tell el-Farma, no noroeste do Sinai.

Tell el-Farma, também conhecido pelo seu antigo nome Pelusium, remonta ao final do período faraônico e também foi usado durante os tempos greco-romano e bizantino. Há também vestígios que datam dos períodos cristão e islâmico primitivo.

Mostafa Waziri, secretário-geral do Egito, disse que os arqueólogos escavaram as ruínas do templo através do portão de entrada, onde duas enormes colunas de granito caídas eram visíveis. O portão foi destruído em um forte terremoto nos tempos antigos, segundo ele.

Waziri disse que as ruínas foram encontradas entre o Forte Pelusium e uma igreja memorial no local. Os arqueólogos encontraram um conjunto de blocos de granito provavelmente usados ​​para construir uma escada para os fiéis chegarem ao templo.

As escavações na área datam do início de 1900, quando o egiptólogo francês Jean Clédat encontrou inscrições gregas antigas que mostravam a existência do templo de Zeus-Kasios, mas ele não o desenterrou, segundo o ministério.

Zeus-Kasios é uma fusão de Zeus, o Deus do céu na mitologia grega antiga, e o Monte Kasios na Síria, onde Zeus já foi adorado.

Hisham Hussein, diretor dos sítios arqueológicos do Sinai, disse que inscrições encontradas na área mostram que o imperador romano Adriano (117-138) renovou o templo.

Ele disse que os especialistas estudarão os blocos desenterrados e farão uma pesquisa de fotogrametria para ajudar a determinar o projeto arquitetônico do templo.

As ruínas do templo são as últimas de uma série de descobertas antigas que o Egito divulgou nos últimos dois anos na esperança de atrair mais turistas.

A indústria do turismo está se recuperando da turbulência política após a revolta popular de 2011 que derrubou o autocrata Hosni Mubarak. O setor também sofreu novos golpes pela pandemia do coronavírus e, mais recentemente, pela invasão da Ucrânia pela Rússia.

Por Samy Magdy

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas