Editorial repreende Xi Jinping sobre Japão e EUA

O Global Times é supervisionado pelo Diário do Povo, uma mídia porta-voz do Partido Comunista Chinês. Recentemente, o Times repreendeu Xi Jinping por sugerir que os Estados Unidos deveriam ser “neutros” na disputa do regime chinês com o Japão.

Depois de uma inexplicável ausência de quase duas semanas, o indicado próximo líder do Partido Comunista Chinês (PCC), Xi Jinping, se reuniu com secretário de defesa estadunidense Leon Panetta em Pequim em 19 de setembro. Embora ele tenha pedido aos Estados Unidos para ficarem neutros na disputa do regime chinês com o Japão pelas ilhas Senkaku, ele foi repreendido no dia seguinte num jornal estatal nacionalista por “fantasiar” sobre os Estados Unidos.

O editorial, publicado pelo Global Times, um jornal nacionalista provocador, supervisionado pela mídia porta-voz do regime comunista, o Diário do Povo, intitulou o editorial “China não será capaz de persuadir EUA a ser ‘neutro’ apenas com palavras”.

Xi Jinping encontrou Panetta no Grande Salão do Povo em Pequim. Na reunião, Xi Jinping disse que a China tem uma posição séria sobre o litígio. “Esperamos que os EUA possam olhar a questão de forma a estabilizar a paz local e serem cautelosos para não interferirem na disputa ou fazerem qualquer coisa que possa agravar o conflito e complicar a situação.”

O editorial assumiu o tom de educar Xi Jinping, dizendo, “Não é possível que a China tenha sucesso em persuadir os Estados Unidos a ficarem verdadeiramente neutros. A China não deve fantasiar sobre os Estados Unidos.”

É incomum que uma mídia estatal escreva críticas abertas sobre declarações de altos oficiais do PCC. O Global Times é muitas vezes descrito um jornal estatal “ultraesquerdista” com ligações à facção do ex-líder chinês Jiang Zemin e Zeng Qinghong, o que favorece uma abordagem linha-dura sobre a política interna e externa. A luta entre facções atingiu seu clímax este ano com o escândalo de Bo Xilai e deve continuar assim nas poucas semanas que precedem o 18º Congresso Nacional do PCC, quando uma nova geração de burocratas comunistas assumirá o comando do PCC.

O editorial continuou, “Não é suficiente apenas advertir oralmente os Estados Unidos. A China deve validar suas palavras com ações na disputa com o Japão, assim, os Estados Unidos acreditarão que a China fala para valer.”

Epoch Times publica em 35 países em 19 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas