Economia mundial aproxima-se do período da escassez do petróleo, afirma CEO da Halliburton

Jeff Miller adverte que a oferta global de petróleo pode em breve ser superada pela demanda

Por Nicholas Dolinger 

O CEO e presidente da Halliburton, Jeff Miller, gerou agitações na segunda-feira, antevendo que o mundo enfrentaria um período de escassez de petróleo em comentários no Congresso Mundial do Petróleo em Houston, no Texas.

“Acho que, pela primeira vez em muito tempo, veremos um comprador procurando por um barril de petróleo, em vez de um barril de petróleo procurando por um comprador”, declarou Miller.

Desde 2014, a indústria petrolífera em geral retirou sua ênfase da construção de novas infraestruturas mediante aos preços baixos. No entanto, essa tendência pode afetar a indústria, que agora encontra a demanda por petróleo excedendo a oferta disponível devido a infraestrutura atual.

Alguns analistas especularam que é cada vez mais provável que os preços do petróleo subam em breve para US $100 por barril, um preço nunca visto nos últimos sete anos e que possui grande potencial para perturbar a economia.

Um fator adicional que contribui para a escassez de petróleo prevista é a escassez de mão de obra na indústria de combustíveis fósseis, superando a da economia em geral.

A percepção generalizada de que os combustíveis fósseis serão marginalizados no futuro da energia e dos transportes torna as carreiras de longo prazo no petróleo pouco atraentes para os jovens trabalhadores, com muitos deles buscando mudar para fontes renováveis ​​ou deixar o setor de energia por completo.

Uma pesquisa recente revelou que 43 por cento dos funcionários da indústria do petróleo buscam transicionar para outros setores nos próximos cinco anos, conforme relatado pela Reuters.

À medida que os funcionários da geração baby boomer se aposentam, a indústria luta para substituí-los por jovens trabalhadores, que veem a indústria do petróleo como desfavorável a carreiras de longo prazo devido às preocupações com os modelos de mudança climática e à pressão de políticos, ambientalistas e investidores para a transição para fontes de energia renováveis.

Essa combinação de sub investimento em infraestrutura e escassez de mão de obra provavelmente resultará em um suprimento de petróleo reduzido para atender à demanda, resultando em preços mais altos e possível escassez.

Com a extração de petróleo ocorrendo em um intervalo de tempo significativo em relação ao investimento da indústria e a escassez de qualificação na indústria, não apresentando sinais de redução, existem razões suficientes para acreditar que qualquer escassez no fornecimento de petróleo pode durar longos períodos no futuro.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas