Diretor de ‘Unsilenced’ revela o que impulsionou seu filme

Baseado em uma história real, “Unsilenced” conta a experiência de dois jovens casais e um jornalista americano enquanto enfrentam brutal perseguição contra sua fé

Por Linda Jiang 

Este filme conta a experiência de um estudante da Universidade Tsinghua que passou 8 anos de sua juventude atrás das grades e a história de um jornalista americano, cansado das mentiras do Partido Comunista Chinês, que penetrou no escrupuloso sistema de vigilância do regime e trouxe a verdade de volta à América. A história sinuosa que toca os corações do mundo está agora sendo projetada nas telas grandes.

Após anos em produção e ganhando o Prêmio do Público do Festival de Cinema de Austin de 2021, “Unsilenced” estará em cinemas selecionados a partir do dia 21 de janeiro nos Estados Unidos.

Baseado em uma história real, “Unsilenced” conta a experiência de dois jovens casais da Universidade de Tsinghua e um jornalista americano que reside na China. Enquanto enfrentavam uma brutal perseguição contra sua fé, eles se sacrificaram voluntariamente para levar a verdade à comunidade internacional.

O filme é dirigido pelo diretor vencedor do Peabody Award, Leon Lee, e é estrelado pela estrela de cinema indicada ao Tony Award, Sam Trammell, a ex-Miss Mundo Canadense, Anastasia Lin e quatro estreantes de Taiwan.

O Epoch Times em chinês entrevistou Lee no dia 7 de janeiro, que compartilhou sua jornada na produção de filmes e algumas histórias dos bastidores.

“Se você sente que nossa sociedade precisa de mais pessoas para insistir em dizer a verdade, este filme e as escolhas dos personagens principais podem lhe dar alguma inspiração”, declarou Lee.

O Austin Film Festival, um dos festivais de cinema que qualificam o Oscar, é conhecido como o maior evento de competição de dramaturgia. O organizador revelou que mais de 6.000 filmes foram inscritos este ano. Após um rigoroso processo de triagem, 9 categorias de prêmios do júri e 11 categorias de prêmios do público foram finalmente selecionadas, e “Unsilenced” foi escolhido como um dos vencedores.

Lee afirma que estava presente quando o filme foi exibido no Austin Film Festival e teve a honra de interagir com muitos membros do público.

“Pelo retorno deles, pude sentir que ficaram profundamente tocados pela história”, relatou ele. “Em um ambiente tão hostil como o da China, ainda há muitas pessoas que têm coragem de se levantar e falar com sinceridade diante de mentiras e pressões. Eu mesmo também acho isso realmente admirável”.

Lee também revelou que sua equipe encontrou situações desafiadoras durante as filmagens. Como o assunto do filme é sensível, não há como eles irem à China para filmar e montar as cenas. Então a equipe filmou o filme em Taiwan.

“Mas mesmo em Taiwan, devido a muitas influências da China, encontramos uma tremenda pressão, obstrução e interferência. Muitos membros do elenco e da equipe também estavam sob pressão em vários aspectos. Ao fazer este filme, estamos realmente experimentando as histórias contadas no filme”, lembrou Lee.

“Mas após vários anos de trabalho duro, desde escrever o roteiro no início, até finalmente poder cortar o filme e lançá-lo, estamos muito felizes que o filme está agora aqui para o público.”

Lee ficou profundamente comovido quando Wang da vida real (a figura principal do filme) compartilhou sua história pessoal com ele. Ele sentiu que tinha a obrigação de contar a história de Wang. De certa forma, “o espírito de Wang serviu de inspiração para todo o nosso elenco e membros da equipe”, declarou ele. “Se ele conseguiu fazer isso em meio a tanta adversidade na China, não temos motivos para desistir em um ambiente relativamente seguro fora da China”.

Lee acredita que o filme, embora envolva um pequeno grupo de indivíduos, apresenta mensagens profundas. Como podemos permanecer inabaláveis ​​em nossa consciência diante das adversidades e dificuldades? Esses temas são eternos e universais e realmente tocam o coração das pessoas.

Ele também agradeceu a todos os membros do elenco. “Muitas pessoas não têm uma compreensão profunda das violações aos direitos humanos que acontecem na China. Só quem se esforçou para entender a perseguição estaria disposto a participar do filme, e só assim poderá apresentar excelentes atuações no filme. Não é apenas uma atuação em um filme, é melhor dizer que ele também está usando essa forma para fazer sua própria voz”.

O filme “Unsilenced” será lançado nos cinemas em 30 cidades dos Estados Unidos no dia 21 de janeiro.

De 21 a 27 de janeiro, “Unsilenced” pode ser visto no Laemmle’s Playhouse 7 em Pasadena, na Califórnia, para o público na grande região metropolitana de Los Angeles.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas