Dilma lidera votação de ‘pior líder do mundo’ de revista americana

A revista norte-americana Fortune está fazendo uma votação em seu site para escolher o pior líder mundial da atualidade. Sem estranheza, a presidente brasileira Dilma Rousseff encabeça a votação até agora facilmente, após 3 dias de pleito, com uma dianteira assombrosa sobre o segundo colocado, o governador do estado americano de Michigan, apontado como responsável pela contaminação da água que abastece uma região urbana com aproximadamente 100 mil habitantes.

Não só de políticos consiste a lista. Dela igualmente fazem parte os cartolas da FIFA, outros políticos americanos e CEOs de notáveis corporações, como a Volkswagen, que está implicada em um escândalo de informações forjadas. Em terceiro na lista aparece o ex-presidente da FIFA, Joseph Blatter, envolvido no maior escândalo esportivo da história. Na sequência está Martin Shkreli, ex-CEO da Turing Pharmaceuticals, que atraiu a atenção dos meios de comunicação quando subiu o preço de um conhecido medicamento empregado no tratamento da AIDS.

A publicação escolheu 19 nomes e fez uma matéria no dia 30, mas sem no entanto fixar uma sequência de melhor (ou menos pior) para o pior, passando esta decisão para seus leitores. Próximo das 14h30 (horário de Brasília) desta sexta-feira (1), Dilma estava com 51 mil votos, contra 5,8 mil do segundo, Rick Snyder, governador de Michigan. Em uma hora, a presidente brasileira ganhou mais de 5 mil votos, enquanto os outros nomes quase não tiveram novos votos.

Leia também:
Impeachment: Dilma tem até segunda-feira para apresentar defesa
‘Sobram crimes de responsabilidade’, diz autora do pedido de impeachment
Propina foi usada em compras de Dior e Chanel por esposa e filha de Cunha, diz denúncia

Moro como um dos maiores líderes

Na última semana, em outra pesquisa feita pela revista norte-americana Fortune, o juiz federal Sérgio Moro que comanda a Operação Lava Jato, chegou à 13ª colocação como um dos 50 maiores líderes do mundo. De todos os nomes da lista, Moro é o único brasileiro.

 
Matérias Relacionadas