Deputado pede a PGR para investigar suspeita de vazamento de decisão de Fachin

“Querem tornar Moro suspeito por conversar com procurador, e o que dizer dessa situação?”

Por Diário do Poder

O deputado José Medeiros (Pode-MT), vice-líder do governo, decidiu pedir à Procuradoria-Geral da República para investigar possível vazamento da decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulando condenações do ex-presidiário Lula.

A suspeita vem de um post do senador Humberto Costa (PT-PE), na noite de domingo (7), véspera da decisão de Fachin, insinuando o vazamento. No post, de um vídeo diz: “podem se preparar!”. “É gravíssimo”, diz o deputado. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Segundo Medeiros, a PGR dará a palavra final sobre se irá investigar o caso e, a depender do resultado, o Senado também deve se pronunciar.

“Em se tratando do PT, isso já tem se tornado comum”, disse Medeiros ao lembrar vazamento de processos em segredo de justiça no Mensalão.

Para o deputado, o fato é muito grave. “Querem tornar Moro suspeito por conversar com procurador, e o que dizer dessa situação?”

Solicitado a comentar o assunto, por meio da assessoria do STF, o ministro Edson Fachin não se pronunciou até o fechamento da edição.

Entre para nosso grupo do Telegram.

Veja também:
 
Matérias Relacionadas