Deputado acha que educação em tempo integral é adequada para o Brasil e pede debate

O aumento da quantidade de escolas em tempo integral é uma das metas do Plano Nacional de Educação (PNE)

Por Mateus Benfatti Almeida, Terça Livre

Nesta terça-feira (23/4), a Comissão de Educação promove seminário para debater educação em tempo integral, na Câmara dos Deputados. O evento reúne professores, parlamentares, ativistas da área, secretários estaduais e representantes do Ministério da Educação.

O deputado Idilvan Alencar (PDT-CE), que solicitou o debate, quer chamar a atenção de educadores, jovens e famílias para a importância da educação em tempo integral.

“O aumento da quantidade de escolas em tempo integral é uma das metas do Plano Nacional de Educação (PNE). Nós temos boas experiências no Brasil, então, o grande objetivo é dizer que essa política é assertiva e adequada para o ensino médio e ensino fundamental“, defendeu.

A meta número um do PNE estabelece oferta da educação em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas de forma a atender pelo menos 25% dos alunos da educação básica.

Com informações da Agência Câmara Notícias

 
Matérias Relacionadas