Davi Alcolumbre diz que CPI da Lava Toga “não vai fazer bem para o Brasil”

Presidente do Senado diz que o regimento interno não permite este tipo de investigação

Por Gospel Prime

Para o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, a CPI da Lava Toga não vai fazer bem para o Brasil. A investigação proposta por alguns parlamentares visa investigar o ativismo judiciário, principalmente dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

“Não vejo nesse momento uma CPI do Judiciário e dos tribunais superiores. Não vai fazer bem para o Brasil”, disse Alcolumbre.

O pedido precisa ser aceito por ele para começar a circular na Casa. “Topo fazer um diálogo em relação à reforma e ao aprimoramento da questão do Judiciário”, diz.

Para Alcolumbre o regimento interno do Senado proíbe este tipo de CPI no artigo 146. “Seria um conflito que nós criaríamos contra o regimento interno do Senado num momento decisivo da história do Brasil”.

A solução para o presidente do Senado seria propor uma reforma do Judiciário. “Eu acho que a possibilidade de propormos uma reforma do Judiciário, montarmos uma comissão para debater com a Justiça brasileira esses gargalos que estão sendo apresentados em muitos momentos pela sociedade, pela opinião pública e pelos próprios senadores, acho que esse seria um caminho do debate salutar para o Congresso Nacional”, afirmou.

 
Matérias Relacionadas