“Dar impulso num cavalo voador”

O dizer chinês 快馬加鞭 (kuài mǎ jiā biān), que significa açoitar ou estimular um cavalo veloz, origina-se de uma história sobre Geng Zhu, um discípulo favorito do grande pensador chinês sobre a paz e o amor, Mozi (墨子, 470-391 a.C.).

Geng Zhu era um jovem muito inteligente e se destacou entre os alunos de Mozi. No entanto, ele não trabalhava duro em seus estudos e Mozi frequentemente o repreendia.

Geng Zhu não conseguia entender por que seu professor era tão duro com ele. Uma vez, depois de ter sido repreendido, ele perguntou: “Mestre, será que não há realmente nada que eu faça melhor do que os outros?”

Mozi respondeu com uma pergunta: “Suponha que eu esteja partindo para uma visita à Montanha Taihang e precise de um cavalo rápido ou de um boi para me levar na viagem. Qual deles você escolheria para estimular com um chicote?”

“O cavalo, é claro!”, respondeu Geng Zhu confiante.

“Por que o cavalo?”, replicou Mo Zi.

“O cavalo merece encorajamento, porque é capaz de grande velocidade”, disse Geng Zhu.

“Isso está absolutamente correto!”, respondeu Mo Zi.

“Eu também acho que você é capaz de grandes coisas. Eu o repreendo, porque você tem a capacidade de progredir mais rápido e de se esforçar para chegar mais alto. Você é digno de encorajamento e de ser ensinado e corrigido”, explicou Mo Zi.

Geng Zhu então entendeu que seu professor o apreciava e tinha grandes expectativas nele. Ele finalmente percebeu que Mozi tinha confiança de que ele podia fazer melhor.

A partir daí, Geng Zhu começou a se esforçar diligentemente e com consciência nos estudos e na busca por excelência, e Mozi já não precisava exortar Geng Zhu a fazer melhor, pois o discípulo incorporou a lição.

Este dizer tradicional chinês é utilizado hoje para descrever um esforço que vise a acelerar o progresso tanto quanto possível mas de forma equilibrada.

Ele também é usado como uma metáfora para fazer esforços contínuos e diligentes.

O Ano Novo Chinês de 2014, a chegada do Ano do Cavalo, proporciona um incentivo que nos estimula a progredir diligentemente nos vários empreendimento e iniciativas em nossas vidas, votos dignos de um novo ano.

Nota: Mozi (470-391 a.C.) viveu em torno do mesmo período que Laozi (老子) e Confúcio (孔子). Ele foi um dos quatro principais pensadores do Período das Primaveras e Outonos (770-476 a.C.) e do Período dos Estados Combatentes (475-221 a.C.) na história da antiga China.

 
Matérias Relacionadas