Cuomo assediou sexualmente várias mulheres e retaliou uma funcionária, diz Procuradora-Geral de Nova Iorque

Por Jack Phillips

O governador de Nova Iorque , Andrew Cuomo, assediou sexualmente várias mulheres e retaliou uma ex-funcionária, disse a procuradora-geral de Nova Iorque, Letitia James , acusando o governador democrata de infringir a lei.

“O governador Andrew Cuomo assediou sexualmente várias mulheres e, ao fazê-lo, violou a lei federal e estadual”, disse James em entrevista coletiva na terça-feira, acrescentando que Cuomo fomentava um ambiente de trabalho “hostil” e “inseguro”. O governador foi implicado em “toques, beijos e abraços indesejados”, bem como fazer comentários inadequados, disse ela.

O escritório de James simultaneamente divulgou um relatório de 165 páginas (pdf) após uma investigação que começou em março, quando várias mulheres acusaram publicamente o governador de má conduta. O relatório, que não tem consequências criminais, incluiu entrevistas com 179 testemunhas e revisão de milhares de documentos.

Cuomo, um democrata, perseguiu membros de sua própria equipe, membros do público e até mesmo um policial estadual, de acordo com o relatório.

O relatório da procuradora-geral enfatiza a surpreendente queda do governador em desgraça depois de ser amplamente elogiado pela mídia nacional – incluindo prêmios e um contrato de livro – pela forma como enfrentou a epidemia de COVID-19. Cuomo também foi acusado de negligência na gestão de lares de idosos durante a pandemia, o que poderia ter causado milhares de mortes pelo vírus.

Quando as mulheres começaram a fazer acusações contra o governador, várias autoridades democratas de Nova Iorque pediram que ele renunciasse. Cuomo negou as acusações e se recusou a renunciar. Até o presidente Joe Biden disse que o governador deveria renunciar se as acusações contra ele forem confirmadas na investigação de James.

O governador, também de acordo com o relatório de James, negou as acusações mais sérias e fez declarações gerais ou não lembrou de certos detalhes quando solicitado.

A Procuradora Geral de Nova Iorque Letitia James (C) e os investigadores independentes Anne L. Clark (I) e Joon H. Kim (D) apresentam os resultados de uma investigação independente sobre as alegações de várias mulheres contra o governador de Nova York, Andrew Cuomo em 3 de agosto de 2021 na cidade de Nova Iorque (David Dee Delgado / Getty Images)

“Nunca assediei ninguém, nunca agredi ninguém, nunca abusei de ninguém”, disse Cuomo em março. “Eu não vou renunciar”. No entanto, ele se desculpou por deixar algumas mulheres desconfortáveis.

Cuomo disse então que “ele nunca, jamais quis ofender ou machucar ninguém ou causar sofrimento a ninguém” e que se sente “péssimo porque essas pessoas se sentiram incomodadas, se sentiram magoadas, se sentiram mal com as interações e me sinto envergonhado com isso , e me sinto mal por isso. ”

O ex-promotor Joon Kim e a advogada Anne Clark foram escolhidos por James para liderar a investigação. Cuomo, em declarações à imprensa, acusou os dois funcionários de serem tendenciosos contra ele.

Mas os investigadores descobriram que as memórias de Cuomo durante as entrevistas “contrastavam fortemente com a força, especificidade e corroboração das memórias dos denunciantes, bem como relatos de muitos outros que ofereceram observações e experiências da conduta do governador”. .

“Este é um dia triste para Nova Iorque porque investigadores independentes concluíram que o governador Cuomo assediou sexualmente várias mulheres e, ao fazer isso, infringiu a lei”, acrescentou James, também democrata, em um comunicado. “Agradeço a todas as mulheres que se apresentaram para contar suas histórias nos mínimos detalhes, permitindo que os investigadores descobrissem a verdade. Nenhum homem – não importa o quão poderoso – pode ter permissão para assediar mulheres ou violar nossas leis de direitos humanos, ponto final ”.

O Epoch Times entrou em contato com o gabinete do governador para os comentários.

Entre para nosso canal do Telegram

Siga o Epoch Times no Gettr

Veja também:

 

 
Matérias Relacionadas