Colocando toda a culpa da extração ilegal de órgãos sobre uma só pessoa

Foi em maio de 2013, há dois anos, que eu previ que Zhou Yongkang, o ex-czar de segurança da China, acabaria na prisão sob a campanha anticorrupção do líder chinês Xi Jinping. Na época, a campanha estava apenas começando.

Dois anos mais tarde, a previsão mostrou-se precisa

Naquela época, levantei uma questão sobre Zhou Yongkang, isto é, que Zhou está fortemente envolvido na perseguição à prática espiritual do Falun Gong. Na verdade, toda a facção do ex-líder chinês Jiang Zemin, da qual Zhou Yongkang é peça chave, está envolvida. E essa facção ainda se mantém fortemente no poder.

Agora, tempos depois, Zhou está  sendo acusado apenas de corrupção. Isso porque, se o Partido Comunista Chinês, o PCC, revelar os crimes contra a humanidade cometidos por Zhou, bem, isso quer dizer que o PCC terá que realmente “reconhecer”, admitir, que esses crimes contra a humanidade realmente aconteceram. Sem dúvida, Zhou está bastante envolvido na “colheita de órgãos” de praticantes de Falun Gong inocentes, ou seja, matou-os especificamente para e por meio de extrair seus órgãos.

Até agora, propositalmente, o crime de “colheita de órgãos” não faz parte das acusações contra Zhou. No entanto, a liderança do PCC pode ter encontrado uma maneira de fazer isso sem colocar em perigo a posição e a sobrevivência do próprio PCC.

O PCC, o que inclui principalmente o seu lider Xi Jianping, sabe que Zhou está envolvido na colheita de órgãos humanos. Para deixar claro, estamos falando de matar pessoas inocentes para extrair seus órgãos, não na extração de órgãos de prisioneiros condenados e fuzilados, de criminosos condenados à morte. E como eu sei que Xi sabe? As autoridades chinesas espionam umas às outras o tempo todo. Elas usam essa informação para a própria sobrevivência bem como para o ganho político e financeiro.

Zhou Yongkang está envolvido na colheita de órgãos e certamente o PCC, no mínimo, sabe disso.

As lideranças do PCC adorariam colocar toda a culpa desse crime sobre Zhou Yongkang. Na verdade, o que eles realmente gostariam é de nunca ter que falar sobre “colheita de órgãos” e que ninguém mais fale disso. Mas isso não é o que provavelmente vai acontecer.

Ocorreu um lento acúmulo de provas sobre a colheita de órgãos e, agora, mais e mais pessoas do mundo todo estão começando a saber disso e a prestar atenção a isso. O livro “The Slaughter” [A Matança], de Ethan Gutmann, foi publicado no ano passado (2014). O livro descreve em detalhes o macabro negócio ilegal do transplante de órgãos na China. E no mês passado, um documentário independente sobre o livro foi levado ao ar numa rede de TV australiana, e inclusive ganhou um Prêmio Peabody. Cada vez mais mais luz é lançada sobre como o PCC está matando prisioneiros de consciência para extrair seus órgãos. Quanto mais isso é exposto, mais recebe atenção da mídia.

Então, se mais e mais pessoas começarem a levantar a questão da colheita de órgãos, o PCC vai precisar ter alguém para colocar a culpa, de um bode expiatório: Zhou Yongkang. Mas como fazer isso sem expor que, durante o tempo todo, todo o aparato do PCC deu apoio, viabilizou e foi cúmplice na colheita de órgãos?

Recentemente, eu falei sobre como Huang Jiefu, o ex-vice-ministro chinês da Saúde e atual chefe do Comitê Chinês de Transplante de Órgão, vem prometendo e prometendo reformar o sistema de transplante de órgãos na China. E como ele tem, digamos, manipulado seletivamente os dados para mostrar que ele vem fazendo um grande trabalho nesse sentido. Mas é neste ponto que a coisa fica interessante.

Recentemente, em uma entrevista para a Phoenix TV, com sede em Hong Kong, Huang Jiefu basicamente tentou jogar toda a culpa sobre Zhou Yongkang.

Mas para ser claro, Huang não disse explicitamente que foram usados órgãos de prisioneiros de consciência, como os de praticantes do Falun Gong. Ele apenas falou sobre “prisioneiros executados”. Tudo que Huang tem feito sobre essa questão é usar as palavras “prisioneiros executados” de modo a encobrir a colheita de órgãos de prisioneiros de consciência inocentes.

Huang Jiefu está ligado ao PCC há bastante tempo. Então, por que ele se atreveu a fazer comentários como esse? Comentários que podem colocar em risco o PCC.

Certamente a entrevista de Huang Jiefu aconteceu porque o PCC quis.  Possivelmente, um vazamento de informação intencional. Alguém quis que Huang Jiefu falasse sobre o envolvimento de Zhou na colheita de órgãos.

Dessa forma, quando o mundo descobrir o verdadeiro horror das coisas que o PCC vem fazendo, as lideranças do PCC poderão culpar Zhou por tudo, ou seja, iniciar uma investigação, descobrir o que eles já sabem e, em seguida, colocar o rótulo de único culpado sobre Zhou para, assim, tentar passar ao mundo ocidental uma imagem de que a China é um país liderado pelo estado de direito, e que todos estão feliz! Exceto Zhou.

Isso daria ao Partido Comunista Chinês uma maneira de lidar com a colheita de órgãos de modo a parecer que tudo não passou da ação de um ou dois indivíduos corruptos, e, assim, evitar expor o que ela é de fato: uma das ações dentro de uma campanha de extermínio em massa conduzida pelo próprio PCC.

Zhou Yongkang será o grande bode expiatório. Em primeiro lugar, ele já está sendo desgraçado com acusações de corrupção. Em segundo lugar, Zhou, como o ex-czar de segurança da China, parece ser uma autoridade suficientemente alta para poder ser atribuída a ele toda a culpa sobre a colheita de órgãos na China, mas não tão alta (dentro liderança do PCC) que possa fazer que a culpa toda caia sobre o PCC. Muita gente provavelmente vai comprar isso.

Mas aqui está o problema. As investigações indicam que a colheita forçada de órgãos de praticantes do Falun Gong começou no ano de 2000. À época, Zhou Yongkang era apenas um mero secretário provincial do PCC. Então, não há como Zhou ter iniciado a colheita ou encabeçado-a. Na realidade, trata-se de uma campanha de Estado que já matou dezenas de milhares de pessoas inocentes para e por meio de extrair seus órgãos – que usa o aparato inteiro do PCC e na qual o PCC está totalmente envolvido. E no ano de 2000, todo o aparato do PCC estava sob o forte controle de Jiang Zemin, seu principal lider à época.

Então, em última análise, isso não vai acabar apenas com a colocação da culpa toda sobre Zhou Yongkang. Zhou é parte da facção de Jiang Zemin. Enquanto Jiang Zemin ainda estiver vivo, o alvo estará em suas costas, ou seja, diretamente sobre o PCC.

E o que acontecerá depois disso? Bem, é difícil de dizer. Mas, pelo menos, isso é o que eu penso que inevitavelmente vai acontecer em algum ponto mais adiante, ou seja, as pessoas vão saber que Jiang Zemin e o Partido Comunista Chinês inteiro são responsáveis pela colheita de órgãos de praticantes do Falun Gong.

Então, o que você acha sobre tudo isso? Deixe seu comentário abaixo.

 
Matérias Relacionadas