Coroação de “Nossa Senhora das Travestis” é cancelada; artistas afirmam que vão fazer mesmo assim (Vídeo)

Nesta sexta-feira (19) o prefeito Alexandre Kalil, comunicou a suspensão da performance em sua conta no Twitter e disse ser “católico, devoto de Santa Rita de Cássia”

Por Bruna de Pieri, Terça Livre

Foi cancelada a “Coroação da Nossa Senhora dos Travestis”, que estava no calendário de atrações da Virada Cultural de Belo Horizonte deste sábado (20).

Na performance, os integrantes se apresentam de forma ritualística para “SUA Senhora”, Nossa Senhora das Travestis e convidam as pessoas presentes a participarem de uma procissão, onde são distribuídos santinhos com oração à Nossa Senhora das Travestis. Simultaneamente, ocorre apresentação de músicas e paródias.

A Arquidiocese de BH se manifestou publicamente contra a realização do evento, classificando-a de desrespeito à fé cristã católica:

“A devoção Mariana nasce e cresce no coração da Igreja. Atravessa gerações graças à fé e à simplicidade do povo. Não é admissível instrumentalizar Nossa Senhora, desrespeitando-a, para se promover um evento que se diz cultural, mas, na verdade, configura-se em agressão à fé cristã católica. Não se cultiva tolerância a partir do desrespeito”.

Os fieis católicos, chegaram a criar uma petição online, assinada por 21.463 pessoas, pedindo que a atração fosse cancelada. Nesta sexta-feira (19) o prefeito Alexandre Kalil, comunicou a suspensão da performance em sua conta no Twitter e disse ser “católico, devoto de Santa Rita de Cássia”.

Já os apoiadores da Coroação, dizem que o ato não é um ataque direto à nenhum tipo religião, mas que “o teor crítico da performance é inevitável, uma vez que as igrejas católica e evangélica são instituições responsáveis pela manutenção do preconceito em relação aos LGBTIA, principalmente em relação às travestis e pessoas transexuais”:

Alô, BH! Seguinte: nossas manas da Academia TransLiterária estão sendo atacadas nas redes por conta da performance que…

David Maurity စာစုတင်ရာတွင် အသုံးပြုမှု ၂၀၁၉၊ ဇူလိုင် ၁၉၊ သောကြာနေ့

Samuel Ataíde, um dos presidentes da Associação “Sou Católico”, agradeceu às orações, apoio e pressão popular pedindo o cancelamento do evento.

Ele reforçou que os artistas dizem que ainda farão a peça e convocou os fieis de BH para um ato de desagravo, às 19h, na escadaria da Igreja São José, mesmo local onde a performance seria apresentada.

 
Matérias Relacionadas