Coreia do Norte afirma estar preparada para discutir sua promessa de desnuclearização

Novo anúncio de Kim foi feito depois que a comunidade internacional impôs novas sanções contra o país asiático

Por Epoch Times

A Coreia do Norte declarou aos Estados Unidos que está pronta para a reunião na qual irão discutir sua promessa de desnuclearização da Península Coreana, disse um representante do governo norte-americano neste domingo (8), de acordo com a Agência Reuters.

Membros do governo dos Estados Unidos e da Coreia do Norte têm mantido contatos recentemente nos quais Pyongyang confirmou diretamente sua disposição para realizar o encontro, disse o funcionário à Reuters.

As comunicações foram conduzidas aparentemente através das missões das Nações Unidas, em que os oficiais de inteligência de ambos os lados usaram canais de conversas secundárias.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aceitou fazer uma reunião com o líder do regime norte-coreano, Kim Jong-un, desde que ele mantivesse a sua promessa de desnuclearização. Kim transmitiu suas intenções de fazê-lo através de uma delegação de alto escalão da Coreia do Sul, que viajou há pouco tempo para Pyongyang.

O novo anúncio de Kim foi feito depois que a comunidade internacional impôs novas sanções contra o país asiático em uma campanha de máxima pressão liderada pelos Estados Unidos através das Nações Unidas.

Um porta-voz da Casa Azul sul-coreana afirmou que a comunicação entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos está sendo “positiva”, informou a agência Reuters.

“Sabemos que os contatos entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos vão bem”, disse outro representante da Casa Azul. “Nós não sabemos, no entanto, até que ponto as informações estão sendo compartilhadas entre os dois.”

A Coreia do Norte marcou uma reunião com a Coreia do Sul em 27 de abril, a ser realizada na área sul da Casa da Paz em Panmunjeom, conforme relatado pela agência Korea, através do Ministério da Unificação da Coreia do Sul.

A última vez em que as duas Coreias realizaram reuniões oficiais foi em dezembro de 2015. Na foto, o líder norte-coreano Kim Jong-un (esq.) e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in (Ed Jones/AFP/Getty Images)
A última vez em que as duas Coreias realizaram reuniões oficiais foi em dezembro de 2015. Na foto, o líder norte-coreano Kim Jong-un (esq.) e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in (Ed Jones/AFP/Getty Images)

Panmunjeom, local onde será feito o encontro, está localizado na província de Gyeonggi, na fronteira entre o Norte e o Sul, onde em 1953 foi assinado o armistício que pôs fim à guerra iniciada em 1950. O edifício onde foi feita a histórica assinatura está situado no lado norte da linha de demarcação militar, que corresponde à Zona Desmilitarizada da Coreia.

Palácio da Paz em Panmunjeom, na Coreia do Sul, próximo à fronteira com o Norte (Flickr)
Palácio da Paz em Panmunjeom, na Coreia do Sul, próximo à fronteira com o Norte (Flickr)
 
Matérias Relacionadas