Contribuinte gasta R$ 101 bilhões por ano só com pessoal de empresas estatais

As 46 empresas estatais sob controle direto da União possuem mais de 448 mil funcionários

Por Diário do Poder

As 46 empresas estatais sob controle direto da União custam R$ 101 bilhões por ano aos pagadores de impostos, e possuem mais de 448 mil funcionários. Os dados constam no Relatório Agregado das Empesas Estatais Federais, da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais, do Ministério da Economia. O documento revela também os salários milionários da direção dessas empresas, como a Petrobras, que em 2019 pagou R$2,71 milhões a um diretor executivo. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O teto do funcionalismo público é de R$ 33,7 mil, que é a remuneração dos ministros do Supremo Tribunal Federal. Nas estatais não há limite.

Quanto maior a estatal, maiores os salários dos diretores. Na Petrobras a média é de R$ 2,93 milhões/ano. No Banco do Brasil, é R$ 1,63 milhão.

No Banco da Amazônia, por exemplo, o valor médio da remuneração anual de membros da governança da empresa é de R$ 400 mil.

Na desconhecida Empresa de Pesquisa Energética, criada no governo Lula, a média salarial é de R$ 13,7 mil. O presidente ganha R$ 32,2 mil.

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas