Comissão que investiga vandalismo em manifestações será extinta no Rio

Agência bancária depredada por manifestantes no protesto de 17 de junho de 2013, no Centro do Rio (Bruno Menezes/Epoch Times)
Agência bancária destruída por alguns manifestantes no protesto de 17 de junho de 2013, que levou 100 mil pessoas ao centro do Rio e terminou com a ocupação e depredação da Alerj (Bruno Menezes/Epoch Times)

RIO DE JANEIRO – O Governo do Estado do Rio de Janeiro anunciou nesta quinta-feira (26) a extinção da Comissão Especial de Investigação de Atos de Vandalismo em Manifestações Públicas (Ceiv). O decreto de revogação deve ser publicado na edição desta sexta-feira (27) do Diário Oficial, informou a assessoria do governo.

Policial apaga chamas de orelhão após dispersão do protesto de 13 de junho de 2013, que reuniu 10 mil pessoas no centro do Rio (Bruno Menezes/Epoch Times)
Policial apaga chamas de orelhão incendiado por manifestantes para conter o avanço da polícia após dispersão do protesto de 13 de junho de 2013, que reuniu dez mil pessoas no centro do Rio (Bruno Menezes/Epoch Times)
 
Matérias Relacionadas