Cometa ISON brilha entre Marte e Júpiter

Seu encontro mais próximo com o Sol será em novembro de 2013. Isto significa cerca de 15 milhões de quilômetros


Cientistas do telescópio espacial Hubble da NASA e a Agência Espacial Europea (ESA) publicaram ontem as novas e brilhantes imagens do cometa ISON, cuja entrada no Sistema Solar causou grande expectativa.

As fotografias correspondem a uma sequência de voo obtida em 8 de maio, quando o cometa C2012 S1 ISON se encontrava a 403 milhões de quilômetros da Terra, entre as órbitas de MarteJúpiter.

O vídeo comprime o movimento de 43 minutos numa sequência de somente 5 segundos. “O cometa viaja a 34 mil milhas neste breve vídeo, ou seja, 7% da distância entre a Terra e a Lua”, informa a NASA.

Diferente de um fogo artificial, o cometa não é combustão, é feito de muito frio. Sua cauda, que se estenderá no futuro, é realmente uma serpentina de gás e pó fora do núcleo de gelo, que está envolto por uma estrela de aspecto brilhante em forma de vírgula. A pressão  do vento solar varre o material numa cauda”, destaca a NASA.

Em sua órbita ao redor do Sol, o cometa se aproxima de nossa estrela e da Terra. À medida que isto ocorre, o cometa ISON esquenta cada vez mais, e com isso surge con maior velocidade o processo de sublimação onde sua matéria sólida se transforma diretamente em gás. O cometa se torna cada vez mais brilhante e a cauda fica cada vez maior.

O cometa foi descoberto pelo bielorruso Vitaly Newsky e pelo russo Artem Novivhonok em 21 de setembro no observatório ISON, em Kislovodsk, que é parte da rede internacional de instrumentos óticos ISON.

Estima-se que o periélio, ou seja, o ponto mais próximo do Sol, será alcançado em novembro de 2013, pouco mais de 0,1 UA. Isto significa uns 15 milhões de quilômetros. Um UA equivale a 150 milhões de quilômetros, e é a distância média entre o Sol e a Terra.

Os cometas são corpos rochosos de pó e gelo. Alguns deles surgem do exterior do Sistema Solar, como o cometa ISON, a partir de uma zona chamada a Neve de Oort.

_

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas