Cientistas registram atividade das emoções no corpo humano

Para mapear as sensações do corpo humano, um grupo de engenheiros biomédicos da Universidade de Aalto  realizou uma pesquisa com 700 voluntários da Finlândia, Suécia e Taiwan.

Os participantes foram expostos a uma variedade de vídeos emocionais, imagens e histórias para provocar emoções específicas. Eles tiveram suas silhuetas identificadas por um computador que captava qualquer aumento ou diminuição de atividade.

Os resultados mostram que a felicidade e a depressão são os estados emocionais mais contrastantes. O amor aumenta a ativação corporal, enquanto a depressão diminui. As emoções com menos ativação na área de cabeça são a tristeza, depressão e a neutra. Já as que mais ativam a os braços são o  amor, raiva, felicidade e orgulho. O peito é a região mais ativada por quase todas, com exceção de emoção neutra e o estado de depressão.

 
Matérias Relacionadas