Cientistas propõem novo modelo de como nosso Sol eventualmente morrerá

Uma equipe de astrônomos da Universidade de Manchester, na Inglaterra, revelou como nosso sol vai morrer.

Em cerca de 5 bilhões de anos, eles preveem que o sol se expandirá em um enorme anel interestelar brilhante de gás e poeira, chamado de nebulosa planetária.

A equipe desenvolveu um novo modelo para analisar os dados existentes e previu que o Sol não se queimaria e se tornaria uma anã marrom como previsto anteriormente.

A nova análise disse que o Sol tem massa suficiente para se expandir em um orbe gasoso brilhante.

O novo modelo descreveu, com uma faixa muito estreita e precisa, quão grande uma estrela tem que ser para formar uma nebulosa planetária, e o nosso Sol está bem no limite inferior.

 
Matérias Relacionadas