Cientistas criam bafômetro para identificar cocaína e outras drogas

Por Tom Ozimek, Epoch Times

A polícia usa o bafômetro para identificar o álcool em grandes quantidades no corpo, mas detectar se um suspeito está sob a influência de drogas tem sido muito mais difícil, pelo menos até agora.

Pesquisadores da Universidade de Buffalo, em Nova York, e da Universidade de Fudan, na China, desenvolveram um chip de baixo custo que pode detectar a presença de cocaína em apenas alguns minutos.

“O chip de alto desempenho que projetamos foi capaz de detectar cocaína em poucos minutos em nossos experimentos”, disse o Dr. Qiaogiang Gan, de acordo com o Mirror.

No caso de moléculas químicas ou biológicas pousarem na superfície do chip, parte dessa luz capturada interage com as novas moléculas e é “refratada” em padrões reconhecíveis, que podem revelar qual composto está presente.

Além da cocaína, a tecnologia de espectroscopia Raman de superfície aprimorada (SERS, na sigla em inglês) poderia ser usada para identificar opiáceos e os ingredientes ativos da maconha.

 
Matérias Relacionadas