Cidadãos fazem manifestação em frente à casa de Fachin, em Curitiba

Diversas pessoas também se manifestaram de forma pacifica a pé, com camisetas do verde-amarelas e bandeiras

Por Bruna Lima, Terça Livre

Após o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), anular condenações do ex-presidente petista, Luiz Inácio Lula da Silva, cidadãos realizaram uma manifestação contra a decisão nesta quarta-feira (10) em frente à casa do magistrado em Curitiba, no Paraná.

Conforme o Terça Livre noticiou, ao julgar um Habeas Corpus protocolado pela defesa de Lula em 3 de novembro de 2020, Fachin declarou que a 13ª Vara Federal de Curitiba, comandada por pelo ex-juiz Sergio Moro, era incompetente para processar e julgar o ex-presidente.

Com a decisão, o ex-presidiário e um dos maiores  líderes da esquerda na América Latina tornou-se elegível novamente e poderá concorrer nas próximas eleições.

No protesto de hoje, que é a primeira manifestação pública contra a decisão, os cidadão fizeram um buzinaço em frente ao prédio onde mora o ministro.

Diversas pessoas também se manifestaram de forma pacifica a pé, com camisetas do verde-amarelas e bandeiras.

De acordo com um internauta que estava na manifestação, alguns vizinhos do condominio de Fachin, ao verem a movimentação, juntaram-se aos manifestantes.

Entre para nosso grupo do Telegram.

Veja também:

 

 
Matérias Relacionadas