Publicado em - Atualizado em 01/02/2016 às 4:19

CIA compila ‘Arquivo X’ da vida real, incluindo OVNI visto por alemão

Um dos casos é intitulado "Discos voadores avistados na Alemanha Oriental, de 1952"

Documento desclassificado da CIA (Public Domain) Imagem de fundo (Glenneroo / iStock)

Documento desclassificado da CIA (Public Domain) Imagem de fundo (Glenneroo / iStock)

A CIA fez, recentemente, uma compilação dos famosos ‘Arquivos X’ e publicou listas com seus principais documentos sigilosos sobre o assunto.

As listas, intituladas “Os Top 5 Documentos da CIA que Mulder adoraria colocar as mãos” e ” Os Top 5 Documentos da CIA que Scully adoraria colocar as mãos”,envolvem casos que ocorreram no final de 1940 a 1950.

Este foi um período de intenso interesse da CIA em objetos voadores não identificados (OVNIs). Na mesma época, a Força Aérea registrou 12.618 avistamentos, dos quais 701 permanecem “não identificados”, como parte do Project Blue Book (Projeto Livro Azul).

Leia também:
OVNIs ‘voam em nossos céus’, diz major da Força Aérea dos EUA
Acidente aéreo causa lendário encontro com OVNI no México

Ex-chefe  da CIA, o historiador Gerald K. Haines, fez a seguinte afirmação no site do órgão: “Enquanto a preocupação da Agência [CIA] sobre OVNIs foi substancial até o início da década de 1950, a CIA, desde então, passou a dar limitada e periférica atenção ao fenômeno.”

Um dos casos é intitulado “Discos voadores avistados na Alemanha Oriental, de 1952.”

Oskar Linke, ex-prefeito de Gleimershausen, na Alemanha, relatou um avistamento de OVNI. O relatório diz: “De acordo com o ocorrido, um objeto que ‘assemelhava-se a uma frigideira voadora’, com um diâmetro de cerca de 15 metros, pousou em uma clareira, na floresta na zona soviética da Alemanha.”

O pneu de sua motocicleta havia estourado enquanto ele pilotava com sua filha de 11 anos. Como eles foram obrigados a irem para o acostamento da estrada, ele viu dois homens a  cerca de 40 metros de distância.

Ele relatou: “Eles pareciam estar vestidos com uma roupa metálica brilhante. Eles estavam curvados observando algo no chão. ”

Linke então se aproximou, até atingir cerca de 9 metros de distância. “Olhei para um pequeno muro e, em seguida, notei um grande objeto cujo diâmetro estimado era entre 13 e 15 metros. Parecia uma enorme frigideira.”

Leia também:
Ex-oficial norte-americano descreve encontro com OVNI
Agente veterano da CIA quebra silêncio sobre extraterrestres

E continuou: “Haviam duas fileiras de buracos em suas extremidades, com cerca de 30 centímetros de circunferência. O espaço entre as duas fileiras era de cerca de 0,45 metros. Na parte superior deste objeto de metal havia uma torre cônica preta, por volta de 3 metros acima”.

As duas figuras se viraram para eles quando o sua filha de 11anos o chamou. Em seguida, eles entraram na nave. Ele notou que um deles “tinha uma lâmpada na parte da frente de seu corpo, que acendia em intervalos regulares.”

Parte da nave começou a brilhar, com uma luz verde, que depois ficou vermelha. Ele ouviu um zumbido.

A parte cônica se deslocou da parte superior para a parte inferior do objecto. A nave, uma vez que levantou vôo, começou a girar , aparentemente cercada por chamas.

Linke, logo em seguida, verificou o chão onde ele tinha avistado a nave e percebeu que o chão possuia uma marca recente.

O relatório afirma: “Muitas outras pessoas que viviam na mesma área que Linke relataram  mais tarde  que viram um objeto que pensaram ser um cometa.”

“Eu nunca tinha ouvido falar do termo ‘disco voador’ antes de escapar da União Soviética, em Berlim Ocidental”, disse Linke. “Quando eu vi este objeto, eu imediatamente pensei que era uma nova máquina militar soviética.”

Todo conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada. Para reproduzir a matéria, é necessário apenas dar crédito ao Epoch Times em Português e para o repórter da matéria.
Leia a diferença. Epoch Times Todos os direitos reservados © 2000-2016