Choque dispersa protestos no Sete de Setembro do Rio

Manifestantes tentavam negociar quando primeiras bombas explodiram, em dia marcado por detenções arbitrárias e violência policial gratuita
Policiais detêm por documento vencido e mandam 48 detidos em Laranjeiras para averiguação para delegacia de Bonsucesso, a 15km do local
Soldados erram mira e atiram bomba dentro da Sociedade Viva Cazuza, que cuida de crianças com aids
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Concentração na Cinelândia na tarde de 7 de setembro de 2013, no Centro, antes de seguir para o Palácio Guanabara, em Laranjeiras (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto segue para Laranjeiras e tenta se aproximar do Palácio Guanabara, a sede do governo estadual (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Cordão de policiais militares na Rua Pinheiro Machado impede acesso ao Palácio Guanabara (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Primeira bomba é lançada pela Tropa de Choque contra manifestantes na esquina da Rua Pinheiro Machado com a Rua das Laranjeiras (Bruno Menezes/Epoch Times)

 

VÍDEO

Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Bandeira nacional tingida de tinta representando sangue em forma de protesto (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Policiais bloqueiam passagem durante revistas a manifestantes (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Policiais cumprem ordem de proteger fachada da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, ocupada desde o dia 9 de agosto (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Manifestante black bloc na ocupação na parte externa da Câmara Municipal do Rio de Janeiro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Manifestantes exibem cartaz exigindo avanço de propostas de emendas constitucionais (PEC) paradas no Congresso Nacional (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Uma manifestante defensora dos animais distribui abraços numa encenação bem humorada em frente à ocupação da Câmara Municipal, que virou ponto de convergência de diversos movimentos e causas (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Manifestante denuncia de forma bem humorada a violência policial nos protestos (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto em família. Professora da rede estadual com seu marido empresário e a filha adolescente celebram de forma irônica o Dia da Indepedência (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Policiais fardados circularam entre os manifestantes, que também notaram muitos P2 – policiais à paisana (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Manifestantes presos por portarem cabo de vassoura e escudo de madeira (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Policiais fazem barreira para dar cobertura às revistas de manifestantes mascarados, prática recorrente durante todo o dia (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Choque.dispersa.protestos.sete.setembro.rio.15
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Manifestante preso dentro da viatura (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Família protesta em frente à Câmara Municipal do Rio, na Cinelândia (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Cordão de policiais militares isolam o Palácio Guanabara, em Laranjeiras (Bruno Menezes/Epoch Times)
Manifestante detido por documento vencido. Ele foi levado para a 9ª DP, no Catete, e liberado (Bruno Menezes/Epoch Times)
Manifestante detido por documento vencido. Ele foi levado para a 9ª DP, no Catete, e liberado (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Caminhão tanque do Batalhão de Choque chega lançando bombas sobre protestantes, afugentando até policiais militares. Soldados miram em manifestantes e acertam a sede da Sociedade Viva Cazuza. Policiais também circularam com armas letais (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Bombeiros são acionados para auxiliar na averiguação dos artefatos que caíram dentro da Sociedade Viva Cazuza, uma entidade filantrópica vizinha ao palácio do governo (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Soldados do Choque, dentre os quais o que teria atirado as bombas que invadiram a Sociedade Viva Cazuza, disparam luz ofuscante ao perceberem estar sendo fotografados pelo Epoch Times (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Policial adverte pai que caminhava com criança no local (Bruno Menezes/Epoch Times)
Protesto sete de setembro (Bruno Menezes/Epoch Times)
Durante o protesto ocorria um casamento na Capela Santa Therezinha, anexa ao Palácio Guanabara (Bruno Menezes/Epoch Times)

 

 

 

 

 
Matérias Relacionadas