China associa o desenvolvimento de suas capacidades militares com entidades civis, revela documento vazado

Por Kelly Song

Um documento vazado de um escritório de fusão civil-militar (MCF) em nível distrital, obtido pelo Epoch Times, descreve desenvolvimentos locais específicos que integram capacidades militares e infraestrutura civil.

O documento, intitulado “Resumo do Trabalho MCF 2020 e Planejamento do Trabalho MCF 2021”, veio do distrito de Jiedong, Jiayang, província de Guangdong . Ele detalha como o MCF confunde as linhas entre entidades militares, civis e comerciais.

De acordo com o Departamento de Estado dos EUA, “MCF é a estratégia para transformar o Exército de Libertação do Povo ( PLA ) em um ‘exército de classe mundial’ até 2049.” O Partido Comunista Chinês (PCC) “está reorganizando sistematicamente as empresas chinesas de ciência e tecnologia para garantir que as inovações conduzam simultaneamente o desenvolvimento econômico e militar”.

Sob a liderança do líder chinês Xi Jinping , Pequim tem pressionado pela implementação nacional do MCF desde 2017. Na recente cerimônia do centenário do PCC, Xi falou sobre “forjar a grande muralha de aço com carne e sangue de mais de 1.400 milhões de chinês ”. É provável que MCF seja um dos facilitadores desse objetivo.

Recursos civis de dupla finalidade para uso militar

O documento lista vários projetos MCF para 2020, incluindo infraestruturas civis e empresas não militares que foram convertidas ou alistadas para uso militar.

Um dos projetos do escritório do MCF foi a melhoria de uma rodovia normal que passava por uma base naval para transformá-la em uma “rodovia pronta para o combate”, dando-lhe o duplo propósito de ser uma pista de pouso para aeronaves de combate. A estrada original contornava a base naval.

Outro projeto foi a conversão de uma empresa local de cabo de fibra óptica em uma empresa de fusão civil-militar para “usar tecnologia avançada para fins militares e de defesa”.

Além disso, o escritório MCF assinou contratos para “equipamento militar-civil de uso duplo” com empresas e hospitais locais. Essas entidades civis concordaram em fornecer transporte, comida, combustível, equipamento médico e outros itens logísticos aos militares em tempos de guerra, emergências e exercícios militares.

Construção de instalações civis de defesa aérea

A defesa aérea é outro ponto focal do MCF. O documento afirma que um centro de controle de defesa aérea civil foi construído e dotado de pessoal em 2020. Os sistemas de alarme e teleconferência em todo o distrito também foram atualizados.

De acordo com os regulamentos do governo, abrigos antiaéreos subterrâneos devem ser construídos no porão de edifícios civis ao mesmo tempo que a estrutura acima do solo. Se o abrigo não for incluído, o proprietário do edifício deverá pagar uma multa que cobriria os custos de construção do abrigo subterrâneo em outro lugar. O escritório distrital da MCF arrecadou $ 471.000 em multas durante 2020.

Enquanto isso, o documento informa que 377.000 pés quadrados de abrigos antiaéreos subterrâneos foram construídos em 2020.

Os abrigos antiaéreos subterrâneos são instalações de uso duplo. Um artigo do governo que explica por que abrigos contra bombas são necessários em edifícios civis diz que esses abrigos também podem ser usados ​​pelos militares em tempos de guerra.

O orçamento para 2021 foi aumentado em 60 por cento

A estratégia da MCF foi implementada por uma grande rede de escritórios da MCF em toda a China. A Comissão Central de Desenvolvimento do CPC é presidida por Xi Jinping desde 2017 e sua importância estratégica tem aumentado nos últimos anos.

Um relatório de planejamento orçamentário do escritório da MCF da cidade de Jieyang, com 12 membros administrativos, mostra que o orçamento anual para 2021 foi aumentado em mais de 60 por cento para um total de US$ 2,7 milhões. Os projetos relacionados com a defesa aérea e marítima são mencionados no relatório devido aos seus aumentos de custos.

Entre para nosso canal do Telegram.

Siga o Epoch Times no Gab.

Veja também

 
Matérias Relacionadas