Chile pede evacuação das praias da Ilha de Páscoa após erupção vulcânica em Tonga

Alerta chega horas após uma violenta erupção de um vulcão submarino perto de Tonga

Por Agência EFE 

O Escritório Nacional de Emergências do Chile (Onemi) emitiu um alerta no sábado e requisitou a evacuação das costas da Ilha de Páscoa, o arquipélago de Juan Fernández, a Ilha de San Félix e a Antártica após a erupção de um vulcão próximo ao ilha de Tonga no Oceano Pacífico.

O Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha do Chile (SHOA) declarou, através do Twitter, “Estado de Precaução” que, de acordo com a escala de riscos tratada por esta agência, “indica a possibilidade de um pequeno tsunami” nesses territórios.

O mais próximo da Ilha de Tonga seria Rapa Nui, conhecida como Ilha de Páscoa, localizada a 3.800 quilômetros do continente chileno. Enquanto isso, o arquipélago de Juan Fernández e a ilha de San Félix estão muito mais próximos da América do Sul, a cerca de 600 quilômetros de distância.

O alerta vem horas após uma violenta erupção de um vulcão submarino perto de Tonga, no Pacífico Sul, que causou um violento tsunami que atingiu as costas desta nação insular e também disparou alarmes em outras nações da região.

O último país a tomar precauções foram os Estados Unidos, que também emitiram um alerta de tsunami para a costa oeste do país.

Na ilha de Tonga, o ataque das ondas atingiu casas e prédios ao longo da costa norte de Tongatapu, cerca de 15 minutos depois, de acordo com vídeos postados nas redes sociais por testemunhas, algumas das quais se refugiavam no telhado de suas casas.

As autoridades pediram a toda a população instalada nas costas que se deslocasse para as zonas altas para se resguardar do ataque das ondas e usar máscaras antes da chuva de cinzas.

Um motorista capturou a súbita subida das águas, que estavam destruindo muros e cercas, enquanto outro carro tentava evitar ser pego andando de ré.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas