CCJ aprova indicação de Kassio ao STF

Por Brehnno Galgane, Terça Livre

Por 22 votos a 5, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (21/10) a indicação do desembargador Kassio Nunes Marques para a vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Após quase dez horas de sabatina na CCJ do Senado, a indicação é analisada no plenário da Casa e precisa da aprovação de 41 dos 81 senadores.

Durante a sabatina, o desembargador Nunes deixou de responder a alguns questionamentos, incluindo temas como a redução da maioridade penal, demarcação de terras indígenas e o inquérito das “fake news”, que tramita no STF sob relatoria do ministro Alexandre de Moraes.

Ao ser questionado sobre aborto, ele também disse ser “defensor do direito à vida”, sinalizando posição contrária à prática.

Kassio Nunes foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a vaga aberta depois da aposentadoria do ministro Celso de Mello.

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas