Castro chega a Costa Rica para reunião da Celac em avião do governo venezuelano

“Construindo juntos” é a chamada para a terceira cúpula presidencial da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) que está acontecendo na Costa Rica nos dias 28 e 29 de janeiro. Raúl Castro, que acumula a presidência de Cuba e da Celac, desembarcou no país na terça-feira (27) para participar da reunião. É aguardado também o comparecimento do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

O Serviço Autônomo de Transporte Aéreo da Venezuela (SATA) tem inscrita a sigla YV-2053 referente ao avião Falcon 900EX, no qual, estranhamente, chegou Raúl Castro à Costa Rica. Os aviões pertencem à companhia petrolífera estatal venezuelana, PDVSA, informou o jornal web La Patilla.

Leia também:
Raúl Castro avisa que Cuba não renunciará ao socialismo
Cuba: perseguição a dissidentes continua nas ruas após libertações
‘Cuba Livre’ é possível caso Obama apoie direito à liberdade política na ilha

Contra essa notável anormalidade o governo não foi de nenhuma forma demandado pela Assembleia Nacional ou Controladoria-Geral da República da Venezuela. Além do YV-2053, dois outros aviões de luxo, YV-1128 e YV-1129, foram cedidos aos cubanos. Não foram divulgadas informações sobre o motivo da realização dos empréstimos nem em que condições teriam sido feitos, informou o jornal.

Desde a histórica reaproximação entre os Estados Unidos e Cuba em 17 de dezembro de 2014, este é o primeiro encontro de Raúl Castro com seus parceiros bolivarianos.

Apesar da temática da reunião da Celac ser a batalha contra a pobreza, segundo informações do jornal argentino La Nácion, todos os olhos estão voltados para saber se progredirão com as estratégias do Foro de São Paulo, tendo como objetivo final o estabelecimento da URSAL (União das Repúblicas Socialistas da América Latina).

 
Matérias Relacionadas