Cartórios revelam: recorde de mortes por covid no mesmo dia foi de 3.057

Manchetes contabilizam o dia do registro da morte, mas os cartórios registram a data de fato do óbito

Por Diário do Poder

Apesar do apego ao número diário de mortes divulgados pela torcida da Covid, a conta dos cartórios de registros civis, encarregados de oficializar nascimentos e mortes em todo o país, é outra.

Manchetes contabilizam o dia do registro da morte, mas os cartórios registram a data de fato do óbito.

Desde o início da pandemia, o dia mais letal no Brasil foi 22 de março deste ano, quando 3.057 pessoas perderam suas vidas infectadas pela Covid, segundo a Transparência do Portal do Registro Civil. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Dados da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais revelam que média móvel de sete dias atual voltou ao nível de fevereiro; 1,3 mil.

Desde o pico no dia 22, tanto o total de óbitos diários quanto a média têm diminuído. A média chegou a quase 3 mil mortes/dia no fim de março.

Cartórios país afora têm algumas semanas para atualizar os dados, por isso a tendência ainda é de aumento na revisão dos números.

Entre para nosso grupo do Telegram.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas