Campeões do socialismo percebem que Karl Marx tinha uma profunda crença em Deus? Questiona pastor

'Pessoas não percebem que as teorias socialistas de Marx são todas baseadas em uma crença fundamental na existência de Deus, mas com ódio e oposição a tudo o que Deus ensinou'

Por Jan Jekielek e Melanie Sun

Karl Marx, o pai do socialismo científico, escreveu certa vez que sabia que havia nascido para Deus, mas foi escolhido para o inferno, o autor e locutor de rádio Dr. David Jeremiah relata sobre muitos dos “momentos aha!” que ele experienciou em seu estudo de um ano sobre o socialismo, durante o qual leu tudo o que pôde encontrar sobre a ideologia, incluindo o que motivou Marx em seus escritos ideológicos.

As pessoas não percebem que as teorias socialistas de Marx são todas baseadas em uma crença fundamental na existência de Deus, mas com ódio e oposição a tudo o que Deus ensinou, afirma o Dr. Jeremiah.

“Você sabe, os socialistas não acreditam que Deus não existe – eles não são ateus”, declarou ao “American Thought Leaders” da EpochTV. “Eles são anti-Deus”. (Entrevista completa em alguns dias na EpochTV).

“Na verdade, Karl Marx … era um líder de torcida para o diabo”, explicou sobre sua pesquisa, afirmando ter adquirido uma nova maneira de entender as tendências em notícias e políticas sociais, e acredita que pode ajudar os americanos a entender a turbulência social em que o país se encontra.

O Dr. Jeremiah, pastor e fundador do Turning Point Radio and Television Ministries, lançou recentemente um livro para compartilhar suas descobertas sobre os perigos do socialismo, intitulado “Para onde vamos a partir daqui?”

“Quase todos os capítulos deste livro, de uma forma ou de outra, remontam às coisas que aprendi sobre o socialismo”, declarou ao apresentador Jan Jekielek. “E agora, o que é tão incrível para mim é, porque sensibilizei minha mente e meu coração para tudo isso, todos os dias nas notícias, vejo exemplos vívidos do que está acontecendo e como isso está nos afetando como nação”.

A cultura de cancelar tudo com o que você não concorda criou as raízes do totalitarismo na sociedade americana, advertiu o Dr. Jeremiah.

Ele listou várias tendências negativas, como pais sendo informados de que não deveriam ter nada a dizer sobre o conteúdo ensinado nas escolas, republicanos e democratas não sendo capazes de concordar em discordar e cristãos sendo demitidos de seus locais de trabalho por compartilharem sua fé, exemplos de como as ideias socialistas de Marx estão erodindo a união entre as pessoas.

A censura de ideias nos Estados Unidos não foi algo com o qual o Dr. Jeremiah cresceu, mas se tornou um comportamento social normal em 2021.

Contra-manifestantes seguram cartazes enquanto esperam que o comentarista conservador Milo Yiannopoulos chegue ao campus de Berkeley da Universidade da Califórnia, no dia 24 de setembro, 2017 (Josh Edelson / AFP via Getty Images)
Contra-manifestantes seguram cartazes enquanto esperam que o comentarista conservador Milo Yiannopoulos chegue ao campus de Berkeley da Universidade da Califórnia, no dia 24 de setembro, 2017 (Josh Edelson / AFP via Getty Images)

“Não há nada realmente verdadeiro que deva ter medo de desafios”, afirmou Dr. Jeremiah. “Se for verdade, é verdade. Não deveria ser um problema ser desafiado, porque a verdade vencerá, não importa qual seja o desafio. Mas se não for verdade, você poderá perder. Então, todas as coisas que estão acontecendo agora são interessantes para mim à luz dessa discussão, porque … em sua maioria, são mentiras”.

Em seu livro, o Dr. Jeremiah descreve o socialismo como “um vírus mortal [que] está se espalhando silenciosamente por toda a nossa nação – muito mais letal do que a COVID-19”.

Mas ele alertou que “a maioria dos americanos está totalmente inconsciente da ameaça que isso representa para o nosso modo de vida”.

“É como fumaça passando por baixo da porta. Você só vê um pouco, mas não é grande coisa. [Mas] se não tomarmos consciência disso, será muito destrutivo.”

“É por isso que escrevi o livro”, declarou. “Eu queria ajudar as pessoas a entenderem”.

Ele afirma que muitos leitores desde então lhe disseram: “Você respondeu a todas as perguntas que eu não sabia a quem perguntar”.

“O que eu queria fazer é ajudá-los a ver a conexão entre tantas dessas coisas que estão acontecendo conosco”, afirmou. “Escrevi sobre a demolição de monumentos; não é apenas um bando de crianças barulhentas por aí tentando se divertir derrubando monumentos … eles querem obliterar completamente a história para que você possa escrever uma nova; tudo isso faz parte de como tudo funciona, tudo isso faz parte do socialismo”.

Flanqueado por membros do partido, o líder da oposição venezuelana Juan Guaido fala durante uma entrevista coletiva, um dia após as eleições parlamentares, em Caracas, Venezuela, no dia 7 de dezembro de 2020 (Ariana Cubillos / The Associated Press)
Flanqueado por membros do partido, o líder da oposição venezuelana, Juan Guaido, fala durante uma entrevista coletiva, um dia após as eleições parlamentares, em Caracas, Venezuela, no dia 7 de dezembro de 2020 (Ariana Cubillos / The Associated Press)

“Livre-se das coisas que são queridas pelas pessoas, destrua as coisas que estão no centro de quem eles são como pessoas – sua família, sua igreja, seu casamento – e então entre nesse vácuo e traga toda essa podridão chamada socialismo. E se as pessoas entenderem isso, isso as torna conscientes”, declarou.

“Precisamos ter consciência disso porque é mortal. Isso vai destruir tudo.”

“A Venezuela é uma imagem perfeita de para onde estamos indo se não pararmos com isso. É incrível perceber que, há pouco tempo, a Venezuela era o país mais rico daquela parte do mundo. As pessoas tinham o mesmo padrão de vida que nós.”

O Dr. Jeremiah afirma ter esperanças de que falar mais sobre a verdade do socialismo e suas crenças anti-Deus ajude mais pessoas a entender os problemas de hoje.

“Uma de suas frases-chave [de Marx] foi varrer Deus do céu e os capitalistas da terra. Esse foi o seu programa duplo”, relatou. “Muitos estudantes universitários foram cativados por isso”.

“É realmente assustador para mim … algumas das estatísticas que citei neste livro realmente confirmam isso, que os jovens entre 18 e 25 – acho que 60 por cento deles – pensam que o socialismo é legal, que é tudo bem; mais do que qualquer outra coisa, por causa de todas as coisas gratuitas que eles prometem no processo.”

“Mas quando eles entendem as raízes do socialismo, isso os faz parar e pensar”, afirma.

Ele relata que presenciou muitos jovens acordarem para a verdade sobre o socialismo.

“Isso os deixa vazios”, declarou sobre o que costuma acontecer quando o socialismo se apodera da psique de uma pessoa. “Isso os leva a um lugar onde eles não querem ir e eles não percebem isso durante a jornada”.

“De repente, eles acordam um dia e não tem nada para se entusiasmar ou acreditar, e então, eles percebem isso. Eu vejo muito isso”, afirma.

O Dr. Jeremiah comentou que a igreja também não está livre do socialismo, com algumas pessoas afirmando serem praticantes cristãos socialistas.

“Às vezes, eles gostam de citar passagens da Bíblia, como no livro de Atos, onde todos mantêm as coisas unidas. Mas isso não era socialismo; era apenas um grupo de cristãos compartilhando o que eles tinham durante um período difícil.”

“Não há base bíblica para o socialismo, seja no Antigo Testamento ou no Novo Testamento … porque o socialismo está totalmente no lado oposto do espectro do que significa ser uma pessoa temente a Deus”, declarou.

Em sua pesquisa, o Dr. Jeremiah relata que não encontrou sequer uma boa história sobre o socialismo.

“Em todas as leituras que fiz e em todas as coisas que estudei, todo mundo fala sobre isso, não consegui encontrar uma boa história que termine bem, porque o socialismo é mau, e leva as pessoas para baixo, não as levanta”, declarou.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 

 
Matérias Relacionadas