Cachorra perdida há 7 anos aparece a 1600 km de casa e se reencontra com sua dona

Quando finalmente encontraram Sissi ela estava em um estado lamentável

Por The Epoch Times

Uma mulher de Coconut Grove, na Flórida, perdeu sua amada maltês há sete anos. Mas em uma reviravolta do destino, a cachorra apareceu em setembro passado, em um estado lamentável, no meio de uma rodovia do Mississippi.

Em outubro, a dona da cachorra, de 65 anos, recebeu um telefonema da empresa de microchips e se reuniu com sua cachorrinha.

Ela afirma que foi “como um milagre”.

Em 2014, a mulher, Brigitte Bourgoignie, de origem francesa, saiu de casa para comprar comida, deixando seus animais na horta, atrás do portão, sãos e salvos (…) ou assim ela pensava.

Ao retornar, sua amada cadela Sissi havia desaparecido sem deixar vestígios.

(Cortesia de Brigitte Bourgoignie)
(Cortesia de Brigitte Bourgoignie)

“Ela nunca fugiu”, afirmou Brigitte ao Epoch Times. “Após alguns meses achamos que a haviam levado de nossa casa”, o que pode explicar como ela acabou no Mississippi.

De que outra forma a pequena maltês poderia cruzar as fronteiras do estado?

Embora a família tenha revistado toda a vizinhança, Sissi não foi encontrada em lugar nenhum. Eles postaram sua foto, ofereceram uma recompensa e avisaram a empresa de chips.

“Ficamos chocados, ela era uma linda pequena maltesa [com] um coração bondoso”, declarou Brigitte. “Foi muito difícil não saber como ela iria sobreviver sem o nosso amor”.

Quando finalmente encontraram Sissi no meio de uma rodovia do Mississippi, após sete anos sozinha, ela estava em um estado terrível. Ela estava suja, infestada de pulgas, desnutrida, cega e possivelmente surda.

(Cortesia de Brigitte Bourgoignie)
(Cortesia de Brigitte Bourgoignie)

Kelly Weissinger, do Mississippi, que encontrou Sissi, postou fotos da cachorra na página do Facebook “SOMENTE animais de estimação perdidos e encontrados em Rankin County MS”. Eles contataram a empresa de chips e finalmente ligaram para Brigitte.

O proprietário encontrou um voluntário disposto a transportar Sissi de volta para sua casa na Flórida; Esse bom homem foi Brandon Tyler, que perdeu e então encontrou seu próprio gato e agora espera devolver a sorte ajudando a reunir os animais de estimação com seus donos.

Ele não apenas trouxe Sissi para casa em segurança, mas também comprou um brinquedo para ela na loja de animais, relatou Brigitte.

No entanto, ao retornar, Sissi não reconheceu sua antiga dona, a princípio.

“Agora ela me segue por toda parte e me reconhece. Dorme comigo”, acrescentou Brigitte, que deu a Sissi um tratamento contra pulgas e planeja consertar seus dentes. “Nosso veterinário ficou surpreso ao ver que ela havia sobrevivido tanto tempo”.

(Cortesia de Brigitte Bourgoignie)
(Cortesia de Brigitte Bourgoignie)

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas