Brasileiros usam internet para responder às afirmações de figuras públicas

A internet tem sido palco para a coletiva mobilização social das últimas semanas. Uma das pautas mais fortes entre as reivindicações dos manifestantes de todo Brasil é o maior investimento no Sistema Único de Saúde (SUS).

O ex-jogador Ronaldo Fenômeno foi uma das figuras públicas que andaram sofrendo com afirmações feitas em uma coletiva à imprensa. Ao dizer que “Não se faz Copa do Mundo com hospitais”, Ronaldo provocou uma forte onda de críticas. Ronaldo é membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo. O vídeo foi feito durante a apresentação oficial, em 2011.

O internauta carioca Alex Ribeiro respondeu às observações do ex-jogador falando sobre o estado de saúde da filha que se agravou por falta de investimentos em estrutura e qualificação médica no setor público da saúde. Segundo ele, a criança ficou cega por um erro médico cometido em um hospital público e o processo contra os responsáveis foi arquivado.

Outro ex-jogador a sofrer com críticas foi Pelé. Em um vídeo com objetivo de motivar a torcida brasileira, Pelé pede uma trégua para as manifestações. “Vamos esquecer toda essa confusão que está acontecendo no Brasil, todas essas manifestações. Vamos pensar que a seleção brasileira é o nosso país, o nosso sangue. Não vamos vaiar a seleção. Vamos apoiar até o final”.

Internautas editaram o vídeo original. Nessa montagem, Pelé defende a ideia contrária com uma imagem de Romário em uma moldura ao fundo. O deputado é seu crítico ferrenho desde ataques verbais na copa de 1998.

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas