Bolsonaro diz que Brasil será autossuficiente na produção de vacinas em poucos meses

Por Bruna de Pieri, Terça Livre

Durante pronunciamento em cadeia nacional na terça-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro garantiu que, até o fim do ano, mais de 500 milhões de doses estarão disponíveis para vacinar toda a população que precisa ser imunizada no país.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, esse público é de 170 milhões de pessoas. Ainda segundo o presidente, em poucos meses o Brasil será autossuficiente na produção de vacinas contra o vírus chinês, e  a produção nacional vai garantir que os brasileiros sejam vacinados todos os anos, “independentemente das variantes que possam surgir”.

“Estamos fazendo e vamos fazer de 2021 o ano da vacinação dos brasileiros. Somos incansáveis na luta contra o coronavírus. Essa é a missão e vamos cumpri-la”, declarou.

Bolsonaro voltou a contrastar a importância de combater o vírus e o caos na economia, e afirmou: “Em nenhum momento o governo deixou de tomar medidas importantes tanto para combater o coronavírus como para combater o caos na economia, que poderia gerar desemprego e fome”.

Ele também destacou que atualmente o Brasil é o quinto país que mais vacinou no mundo. “Quero destacar que hoje somos o quinto país que mais vacinou no mundo. Temos mais de 14 milhões de vacinados e mais de 32 milhões de doses de vacina distribuídas para todos os estados da federação, graças às ações que tomamos logo no início da pandemia”.

“Ao final do ano, teremos alcançado mais de 500 milhões de doses para vacinar toda a população. Muito em breve, retomaremos nossa vida normal. Solidarizo-me com todos aqueles que tiveram perdas em suas famílias. Que Deus conforte seus corações”, finalizou o presidente.

Assista à íntegra do pronunciamento

 
Matérias Relacionadas