Blogueiro é executado sob circunstâncias misteriosas em Ubatuba

O jornalista e blogueiro Marcos de Barros Leopoldo Guerra, de 51 anos, morreu na noite desta terça-feira (23), alvejado por três tiros
dentro de sua própria casa na Rua Santa Genoveva, Praia do Tenório, bairro próximo da região central da cidade de Ubatuba, no litoral norte do estado de São Paulo, segundo matéria publicada no portal G1.

Leia também:
Família de prisioneiro executado na China expõe crime de extração de órgãos
Ator da Globo escreve carta dando lição de moral em Dilma e pedindo sua ‘renúncia’
Secretaria de Direitos Humanos silencia sobre trabalho escravo em blusa made in China

Moradores contaram que ele escutou um barulho na rua e aproximou-se da janela para verificar o que estava ocorrendo antes de ser atingido pelos tiros, segundo informou a Polícia Civil de Ubatuba. Marcos, que era advogado, solteiro e morava com o pai de 85 anos, possuía um blog onde ele fazia críticas e denúncias contra políticos da cidade.

O corpo foi encontrado na cozinha com várias marcas de tiros, que atingiram a cabeça, o abdome e as costas, conforme relatou a Polícia Militar. O enterro estava previsto para quarta-feira (24). De acordo com a PM, o pai do jornalista estava na casa na hora do crime. Ele não viu o filho ser morto, mas também escutou a motocicleta se afastando do local.

A polícia procura um elo entre as denúncias e o crime, conforme informado pelo delegado que analisa as circunstâncias da morte, Fausto Cardoso. A rua em que a vítima residia era sem saída. Os vizinhos afirmam que, depois dos tiros, viram dois homens fugindo em uma motocicleta. A polícia está procurando alguma câmera naquelas imediações para analisar as filmagens.

Ainda segundo Cardoso, o pai da vítima e moradores relataram em depoimento que o blogueiro vinha recebendo constantes ameaças de morte por causa das denúncias feitas no blog Ubatuba Cobra. A apresentação do site diz que desde 2005 Ubatuba vive a pior crise ética, moral e financeira patrocinada pelos que pensam ter poder, e que o Ubatuba Cobra nasceu dessa triste realidade.

As últimas postagens publicadas pelo jornalista foram sobre o Conselho Municipal de Turismo (Comtur) de Ubatuba. O próprio blogueiro protocolou denúncia ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), onde relatava supostas irregularidades em uma licitação, segundo apurou o Estadão.

Até o presente momento, não há suspeitos para o crime e ninguém foi preso.

 
Matérias Relacionadas