Barroso encaminha à PGR queixa-crime de Ciro Gomes contra Bolsonaro

Por Brehnno Galgane, Terça Livre

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu na sexta-feira (9) encaminhar à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma queixa-crime de Ciro Gomes contra o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Além da queixa-crime contra Bolsonaro, também foi encaminhada outra contra o ex-ministro da Justiça, atual advogado-geral da União, André Mendonça.

Ciro Gomes está acusando Bolsonaro e Mendonça de supostamente terem praticado o crime de advocacia administrativa. Gomes alega que a abertura de um inquérito para investigá-lo, e apurar “suposto cometimento de crime contra a honra do presidente da República”, é uma forma de usar a Administração Pública contra os opositores do presidente.

“No caso em apreço, tanto o Presidente da República quanto o Ministro da Justiça e Segurança Pública [ cargo que era ocupado por Mendonça] utilizam-se dos cargos que ocupam para a consecução de interesses privados”, diz a ação.

Entre para nosso grupo do Telegram.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas