Astrônomos observam a Terra a partir de Saturno e Mercúrio

As equipes das sondas Cassini e Messenger observaram por dois dias o nosso planeta
Em uma imagem feita pela sonda Cassini a partir de Saturno, os pesquisadores apontam o local exato onde está a Terra. (NASA / JPL-Caltech)
Em imagem feita pela sonda Cassini a partir de Saturno, os pesquisadores apontam o local exato onde está a Terra (NASA / JPL-Caltech)

A NASA, através da sonda Cassini, direcionou seu telescópio para a Terra como parte de um estudo sobre nosso planeta. Ao mesmo tempo a sonda espacial Messenger, voando ao redor de Mercúrio, também realizou a mesma pesquisa.

A missão da Cassini direcionou o telescópio da sonda que viaja ao redor de Saturno, com o foco em direção à Terra, de forma a produzir imagens de nosso planeta desde 1,5 bilhão de quilômetros de distância.

A NASA convidou astrônomos para fazer o mesmo a partir de Saturno durante dois dias e compartilhar as fotos.

As fotos da Terra feitas pela sonda Cassini farão parte de uma coleção de imagens do planeta e de seus anéis quando ele está especialmente iluminado pelo Sol. Isso torna evidentes as partículas mais finas dos anéis, afirmou a agência espacial.

Ao mesmo tempo a sonda Messenger, que viaja ao redor de Mercúrio, também tirou fotos da Terra. Messenger observou se Mercúrio tem seus próprios satélites naturais.

Enquanto as imagens da Cassini foram tiradas entre 21h27min e 21h47min UTC e mostraram parte da Europa, Oriente Médio e Ásia Central não iluminada, Messenger fez o mesmo mas quando a região estava iluminada pelo sol entre 11h49min, 12h38min e 13h41min UTC. Quase a metade da Terra, incluindo as Américas, África e Europa, estava iluminada, de acordo com Hari Nair, do Laboratório de Física Aplicada da Universidade Hopkins.

As imagens feitas a partir de Mercúrio também incluíram imagens da Lua, “de onde se iluminaram os seis pontos de aterrissagem, 44 anos depois da  Apollo 11 ter pousado na superfície rochosa”, informou a equipe da Messenger.

A partir da Messenger, “é importante notar que a Terra e a Lua são menores do que um pixel, de modo que nenhum detalhe pode ser visto”, disse Nair. “Na prática, tudo o que vemos são dois pontos brilhantes”, disse o físico.

Procurando uma lua para Mercúrio

“As imagens da Terra e da Lua são coincidentes, tomadas como parte de uma busca por satélites naturais ao redor de Mercúrio. De todos os planetas, apenas Vênus e Mercúrio (ver imagem) não têm luas conhecidas.  A Terra tem uma e Marte tem duas. Júpiter e Saturno têm dezenas e inclusive o pequeno Plutão, agora se sabe, tem cinco luas “, segundo a equipe da Messenger.

“Algumas das luas em torno de planetas gigantes provavelmente se formaram a partir dos anéis de gás e poeira que existiam em torno desses planetas no sistema solar primitivo. Outras, como a Lua da Terra e a maior lua, pertencente a Plutão – Caronte – provavelmente foram formadas a partir de material ejetado durante a colisão entre o planeta e um corpo um pouco menor”, acrescenta a equipe de Nair.

Há outros casos em que acredita-se que as luas eram originalmente asteróides que passaram suficientemente perto do planeta e acabaram capturados pela gravidade.

“Não sei por que Mercúrio não tem lua”, disse William Merline, do Instituto de Pesquisa do Sudoeste (SwRI), em Boulder.

Em um debate com o seu colega Clark Chapman, Merline ressalta que Mercúrio pode não ter uma história de colisões que pudesse gerar um satélite, ou pode ser que “em algum momento ele tenha possuído uma lua em um caminho orbital que foi interrompido pela forte atração gravitacional do Sol, combinada com a órbita excêntrica de Mercúrio (órbita oblonga em torno do Sol)”, relata a equipe da Messenger.

Imagem mostra como a Terra foi iluminada durante a tomada de fotos a partir de Saturno ( NASA / JPL-Caltech)
Imagem mostra como a Terra foi iluminada durante a tomada de fotos a partir de Saturno ( NASA / JPL-Caltech)

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas