Astrônomos identificam um novo tipo de supernova

Um novo tipo de supernova foi descoberto e nomeado ‘IAX’ (Centro de Astrofísica Harvard-Smithsoniano)

Um novo tipo de supernova, nomeado IAX, foi identificado e anunciado por astrônomos do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsoniano.

“Uma supernova IAX é essencialmente uma mini supernova”, disse Ryan Foley, o membro do Centro que liderou o estudo.

“Essa é a menor da ninhada”, diz Foley, pois há outras duas variedades distintas.

A primeira variedade é quando uma estrela de 10 a 100 vezes mais massa do que nosso Sol entra em colapso.

A segunda, chamada de supernova IA, corresponde à completa destruição de uma pequena estrela anã branca.

A supernova IAX também ocorre com a explosão de uma anã branca, porém mais fraca e menos energética do que o tipo IA, pois não chega a destruir completamente a estrela, relata Foley.

O astrônomo e sua equipe estudaram 25 destas supernovas e nenhuma delas se enquadrava em galáxias elípticas, que são cheias de estrelas mais velhas.

Estes dados sugerem que a explosão de uma supernova IAX corresponde a um sistema estelar binário, que contém uma anã branca e uma estrela companheira na fase de perda de hidrogênio exterior e liberação de hélio. A anã branca então acumularia este hélio.

Uma das hipóteses dos astrônomos é que a camada externa de hélio da estrela companheira se inflama primeiro, enviando uma onda de choque à anã branca.

Outra opção proposta é que a anã branca se inflama primeiro por influência do hélio recebido.

Na maioria desses casos, a anã branca sobrevive à explosão e “fica golpeada e afetada, mas pode viver outro dia”, disse Foley, o que difere da supernova IA, em que a anã branca se destrói completamente.

A explosão que cria uma supernova IAX é cem vezes menor do que a explosão do tipo IA.

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas