Após 3 gerações e mais de 70 anos, Volkswagen deixará de fabricar seu famoso Fusca (Vídeo)

Para a empresa, decisão não deve ser motivo de tristeza

Por Epoch Times

A fabricante de automóveis Volkswagen (VW) anunciou que em 2019 deixará de produzir definitivamente seu lendário Beetle (como é chamado nos Estados Unidos), conhecido no Brasil como Fusca, um carro com mais de 70 anos de vida que marcou muitas gerações de motoristas.

“O fim do Fusca depois de três gerações e quase sete décadas deve provocar uma ampla gama de emoções entre os seus muitos devotos”, disse Hinrich Woebcken, presidente da Volkswagen América do Norte.

A empresa alemã informou que o Fusca se despedirá no próximo ano com dois últimos modelos a serem fabricados em Puebla, no México.

Carros Volkswagen Fusca. Proprietários realizam um desfile anual em Sri Lanka para mostrar seus carros antigos (Lakruwan Wanniarachchi/AFP/Getty Images)
Carros Volkswagen Fusca. Proprietários realizam um desfile anual em Sri Lanka para mostrar seus carros antigos (Lakruwan Wanniarachchi/AFP/Getty Images)

Nos últimos anos as vendas caíram drasticamente, em especial no mercado norte-americano, de modo que a marca quer colocar um ponto final em sua fabricação com dois modelos em edição especial. A Final Edition SE e a Final Edition SEL estarão disponíveis nas cores branco, preto e cinza, além das exclusivas tonalidades de azul e beje.

https://twitter.com/AFPespanol/status/1040571362916483072

Antes de julho do ano que vem, a Volkswagen realizará diversos eventos para comemorar o patrimônio e a história de seu modelo original. A empresa irá compartilhar esses momentos online através da hashtag #byebyeBeetle.

Essa mesma hashtag foi usada por um fã do Fusca para expressar sua dor ante a decisão da empresa: “Por favor, Volkswagen, diga que não é verdade! O carro do povo é icônico, por isso há tantas razões..!”, escreveu um usuário do Twitter.

Concebido na Alemanha nazista

O Fusca foi concebido na Alemanha na década de 1930, em pleno auge do Terceiro Reich.

No entanto, foi apenas no final de 1945 e com a Segunda Guerra Mundial terminada que a primeira unidade saiu da fábrica da Volkswagen.

Por volta do ano de 1955: produção do automóvel Volkswagen Fusca (Keystone/Getty Images)
Por volta do ano de 1955: produção do automóvel Volkswagen Fusca (Keystone/Getty Images)

No final da década de 60, o Fusca tornou-se muito popular nos Estados Unidos, e nos 70 o filme da Disney “Se meu fusca falasse” elevou ainda mais sua fama no mundo.

Por muitos anos o Fusca foi o carro favorito de muitos motoristas na América Latina, especialmente devido ao preço acessível do modelo original, que deixou de ser fabricado em 2003.

No México eles são conhecidos como “Vochos”, há dezenas de fã clubes e dezenas de milhares de “Beetles” em circulação. Até pouco tempo esse modelo era usado como táxi na cidade do México.

Taxista com seu fusca vintage ao longo das ruas da cidade do México em 2 de janeiro de 2007. O lendário táxi Fusca, batizado de "Vocho" pelos mexicanos (Alfredo Estrella/AFP/Getty Images)
Taxista com seu fusca vintage ao longo das ruas da cidade do México em 2 de janeiro de 2007. O lendário táxi Fusca, batizado de “Vocho” pelos mexicanos (Alfredo Estrella/AFP/Getty Images)

Em outros países de língua espanhola foi chamado de Pichirilo, Besouro, Peta, Sapo, Poncho, entre outros nomes.

Para a empresa a decisão não deve ser motivo de tristeza, muito pelo contrário: “Estamos animados para começar um ano de comemoração de um dos verdadeiros ícones do mundo automotivo, com uma série de eventos que culminarão com o fim da produção em Puebla em julho de 2019”, acrescentou Hinrich Woebcken.

 
Matérias Relacionadas