Angela Merkel tem fortes tremores em público (Vídeo)

Chanceler alemã viajou para Osaka, no Japão, para a cúpula do Grupo dos 20, antes de se dirigir a Bruxelas para tratar de questões de alta tensão enquanto se define o futuro líder da Comissão Europeia

Por Anastasia Gubin, Epoch Times

A chanceler alemã Angela Merkel apresentou na quinta-feira (27) um novo episódio de tremores em público.

Aconteceu durante a manhã, quando a chanceler estava em Berlim participando de uma cerimônia de despedida da ex-ministra da Justiça, Katarina Barley, na sede do Presidente da República, o Castelo Bellevue.

Oito dias atrás, ela passou por uma situação semelhante que foi atribuída a uma onda de forte calor, informou a imprensa alemã Deutsch Welle.

Em um vídeo do evento, a chanceler pode ser vista tremendo fortemente por todo o corpo enquanto permaneceu em pé ao lado do presidente alemão Frank-Walter Steinmeier, informou a DW.

Um assistente ofereceu-lhe água, mas ela recusou.

Oito dias atrás, durante as honras militares para o presidente ucraniano, Wolodymyr Zelensky, Merkel sofreu violentos tremores que provocaram especulações sobre sua saúde, informou a televisão Rai.

A chanceler de 64 anos, que não tem histórico de problemas médicos graves, disse que se esqueceu de beber bastante água, mas que se sentiu melhor depois de beber três copos. Naquela época, o país enfrentava uma forte onda de calor, assim como esta semana.

Após o incidente desta manhã em Berlim, Merkel assistiu ao juramento da nova ministra da justiça alemã, Christine Lambrecht, e ela parecia estar bem.

“Tudo está ocorrendo como planejado. A chanceler está bem”, disse o porta-voz do governo Steffen Seibert, segundo DW.

Um caso semelhante ocorreu em junho de 2017, durante uma visita ao México, enquanto ela era recebida com honras militares. Suas pernas tremiam muito, e isso foi atribuído à grande altitude da cidade.

O médico Eduardo Silvestre disse à nação que os casos públicos de tremor que a chanceler sofreu podem ser um episódio paroxístico incontrolável.

2 Chanceler alemã, Angela Merkel, assiste a uma cerimônia em que o novo ministro da Justiça do país recebeu seu certificado de nomeação do presidente alemão Frank-Walter Steinmeier no palácio presidencial Bellevue em Berlim, em 27 de junho de 2019. Durante a cerimônia, Merkel sofreu um novo tremor, apenas uma semana depois de levantar preocupações, ao tremer visivelmente em outra cerimônia oficial (KAY NIETFELD / AFP / Getty Images)

Esses episódios podem podem ocorrer devido a três razões muito diferentes, segundo o médico: algo relacionado à epilepsia, a uma crise do sistema nervoso ou uma pseudoconvulsão.

Estas pseudocrises seriam causadas por um conjunto de fatores devido ao estresse agravado em momentos de muito calor, à desidratação, ao ficar em pé por tempo prolongado e outros fatores condicionantes.

A chanceler alemã viajou para Osaka, no Japão, para a cúpula do Grupo dos 20, antes de se dirigir a Bruxelas para tratar de questões de alta tensão enquanto se define o futuro líder da Comissão Europeia.

 
Matérias Relacionadas