Alimentos que todos devem evitar na China

Questões de segurança alimentar têm assombrado a China continental por bastante tempo, mas muitas pessoas são ignorantes sobre o quão sério e difundido é de fato o problema dos alimentos tóxicos.

Um estudante de pós-graduação de tecnologia alimentar revelou numa postagem online quais alimentos as pessoas devem evitar. Ele alertou para ser especialmente cético em relação a alimentos que pareçam excepcionalmente frescos e nutritivos. Estes são geralmente os mais tóxicos, disse ele.

De acordo com o estudante, a fonte de sua informação postada são as palestras dadas por seu professor universitário. A seguir, um resumo da postagem do estudante.

Leite

Não consumir quaisquer produtos lácteos além de leite puro e fresco. Evite leite processado UHT (‘ultra-alta temperatura’ ou ‘ultrapasteurização’). Embora o processamento de alta temperatura mate as bactérias, isso também destrói os nutrientes e são adicionados conservantes. Aromatizantes e agentes espessantes são usados para fazer o gosto do leite melhor.

Fique longe de iogurte, que muitas vezes contém ingredientes de baixa qualidade. Verifique os rótulos para evitar os produtos feitos a partir de leite em pó e leite reconstituído.

Legumes

O uso excessivo de pesticidas é muito comum na China. Um equívoco comum é que os pesticidas em vegetais podem ser lavados, mas o pesticida fósforo-orgânico mais utilizado não é solúvel em água e adere às folhas como o petróleo, sendo muito difícil de lavar. Além disso, alguns pesticidas são aplicados nas raízes das plantas e são absorvidos pela planta, por isso não há como removê-los por lavagem.

Compre produtos orgânicos de uma fonte confiável (ou comece uma horta).

Peixe

Não compre peixes vivos no mercado; congelado fresco é melhor. Os chineses gostam de comprar peixes vivos no mercado, porque acreditam que é mais fresco e saudável do que o peixe congelado. No entanto, os peixes normalmente só sobrevivem oito horas após serem capturados e muitas horas passam no transporte ou em exposição no mercado.

O peixe não pode sobreviver por tanto tempo. Tornou-se assim uma prática comum entre os vendedores de peixe adicionar o corante industrial ‘verde malaquita’ à água do tanque para ajudar os peixes a sobrevivem por mais tempo. Essa substância mata as bactérias e é muito barata, mas também é cancerígena. Por isso, o peixe congelado é a escolha mais saudável.

Sapos e enguias

Afaste-se de rãs e enguias; estas costumavam ser consideradas iguarias, no entanto, comê-las com frequência o envenenará lentamente.

Com o uso excessivo de pesticidas e como sapos têm grande apetite, quantidades significantes de pesticidas são agora encontradas em sapos. Enguias também já não são seguras para comer, pois tem sido amplamente relatado que criadores colocam contraceptivos para as enguias acelerarem seu desenvolvimento, e isso se tornou o padrão industrial na produção de enguia.

Marisco

Cuidado com mariscos. Os rios e mares são muito poluídos. Metais pesados, como mercúrio, níquel e cromo, são um dos principais problemas da poluição. Mariscos comem plantas e animais que flutuam na água ou que vivem na lama e areia, onde os metais pesados se depositam.

Diversos tipos de microrganismos patogênicos também estão contidos no interior dos mariscos. No processamento de mariscos, é difícil atingir uma temperatura suficientemente elevada para matar esses microrganismos. Quando você pede mariscos num restaurante, o cozinheiro geralmente os frita levemente, e você acaba ingerindo um monte de bactérias, além de metais pesados.

Alimentos defumados

Fique longe de alimentos defumados, incluindo salsichas. Eles frequentemente contêm corantes artificiais para dar-lhes um bom aspecto. Além disso, existe o problema do excesso de nitrato.

Refeições em restaurantes

Há muitas questões com frutos do mar servidos em restaurantes. Uma delas é a prática comum de usar formol em frutos do mar para melhorar sua aparência e sabor.

Carne de porco assada é outro prato para evitar em restaurantes. Embora muitas vezes tenha bom gosto e pareça muito mais apetitoso do que carne de porco assada feita em casa, a química ‘etilmaltol’ é frequentemente usada para dar a carne uma cor vermelha brilhante, escura e de sabor especial.

Bolinhos congelados

Não compre bolinhos congelados individuais. É muito provável que o vendedor esteja vendendo bolinhos vencidos que foram originalmente embalados em sacos.

Vendedores de beira de estrada

Mantenha-se afastado de vendedores de alimentos de beira de estrada. No passado, eles costumavam ser apreciados por seus alimentos deliciosos e baratos, mas a pressão da inflação tem levado os vendedores de beira da estrada a buscar ingredientes mais baratos, como óleo de sarjeta para cozinhar. Óleo de sarjeta é óleo reciclado coletado de fritadeiras de restaurantes, esgotos, caixas de gordura e resíduos de matadouros.

De acordo com o professor universitário, o óleo de sarjeta é amplamente utilizado e tem sua própria cadeia de produção, com diferentes grupos responsáveis pela coleta do óleo sujo, transporte, vendas, e até mesmo suborno de departamentos de inspeção.

 
Matérias Relacionadas