Alimentos primários: alimentando o coração

O que os alimentos primários podem trazer a você?

A maioria de nós passa anos procurando a dieta perfeita e a maneira perfeita para se sentir saudável, cheio de energia e atraente. Estudos científicos lançados constantemente mostram como cada nova dieta é superior à anterior.

O que nós comemos é profundamente importante. A comida alimenta o nosso sangue, nossas células e nosso cérebro, mas para termos uma boa saúde, o que somos entre as refeições é tão importante quanto o que comemos.

Quando você embarca em sua jornada saudável, olhe não só o que você vai colocar em sua boca, mas também em quem você é quando come, como é sua vida, o que você está fazendo com o seu corpo – o templo de sua alma – diariamente.

Joshua Rosenthal, fundador da Nutrição Integrativa, cunhou o termo “alimentos primários”. “A comida é mais do que o que você encontra no seu prato. Relacionamentos saudáveis, atividade física regular, uma carreira gratificante e uma prática espiritual podem preencher a sua alma e satisfazer sua fome de vida. Quando o alimento principal é equilibrado e o sacia, é a sua vida alimentada por você, fazendo daquilo que você come, secundário”, disse.

Leia também:
Conheça a ciência por trás da felicidade
Especialista em inteligência emocional lista temas e ações transformadoras
Obesidade está associada à falta de sono, aponta estudo

Eu costumava pensar que se eu tivesse uma dieta equilibrada, ela me traria equilíbrio. Que eu iria sentir-me centrada, desperta e feliz por estar viva. Eu me tornei obcecada em encontrar o caminho perfeito na alimentação, esperando que eu iria em breve encontrar o equilíbrio que eu tanto desejava.

Como resultado, eu me senti fisicamente melhor. Minha digestão e minha pele melhoraram. Eu tinha níveis mais consistentes de energia, menos dores de cabeça e menos gordura na barriga, mas eu ainda lutava com o meu humor e o meu peso. Eu ficava pensando: “Devo ajustar minha dieta ainda mais. Devo fazer isso direito”.

Mas me dei conta de que comer corretamente não ia resolver meus problemas financeiros, meus relacionamentos, minha falta de expressão criativa, ou a minha composição corporal. Tampouco comer corretamente estava me levando a um plano espiritual mais elevado.

Comer corretamente me ajudou a corrigir o meu corpo físico, mas não minha mentalidade. E quando eu finalmente entendi isso, minha vida começou a mudar.

Entrando em alinhamento

De acordo com Rosenthal, há quatro áreas comuns na vida das pessoas que carregam muita bagagem em suas costas: relacionamentos, carreira, saúde e espiritualidade. Dê uma olhada em cada uma dessas áreas em sua vida e pense sobre como elas estão indo para você.

Você acha que elas estão em alinhamento com quem você é e o que você valoriza? Ao invés de esperar que elas simplesmente aconteçam a você, pense profundamente como você acha que elas devem ser para você e como você pode fazê-las funcionar ainda melhor.

Um exercício para começar

Pegue quatro pedaços de papel em branco. Atribua a cada um uma área de sua vida: relacionamentos, carreira, saúde e espiritualidade. Crie duas colunas em cada papel. Uma coluna é para as coisas que estão alimentando este aspecto de sua vida e a outra coluna é para as coisas que faltam neste aspecto de sua vida.

Anote uma coisa que você pode fazer em cada página para ajudar a melhorar esta área de sua vida. No final do dia, quando você tiver preenchido sua vida com alimentos saudáveis ​​primários, aproveite desejando menos e vivendo mais.

—————

Tysan ​​Lerner é profissional de saúde e personal trainer. Ela ajuda mulheres a atingirem seus objetivos de melhorarem seus corpos e sua beleza. Seu site é www.lavendermamas.com

 
Matérias Relacionadas