Agora é oficial: China falsifica dados econômicos

Todo mundo sabia disso, mas demorou um pouco para que se tornasse oficial.

No caso dos valores exagerados do PIB chinês, agora temos a confirmação da agência de notícias Xinhua, porta-voz oficial do governo chinês, de que os dados vêm sendo inventados há um longo período de tempo, pelo menos regionalmente.

Esta informação veio à tona assim que o National Audit Office (Escritório Nacional de Auditoria) admitiu que o PIB é basicamente inventado. Na verdade, de acordo com um relatório feito pelo jornal China Daily, o National Audit Office também havia feito um relatório, mas não chegou a divulgar o documento.

“Um conselho em Liaoning reportou receitas fiscais anuais 127 por cento mais elevadas do que o número real”, relatou o jornal China Daily.

A agência Xinhua, por outro lado, mencionou uma velha máxima: “Se os dados anteriores não tivessem sido inflados, os números atuais de crescimento não iriam mostrar uma queda tão abrupta.”

De acordo com o China Daily, as autoridades locais também manipularam os valores dos investimentos e exageraram em pelo menos 20 por cento no caso da província de Heilongjiang.

Eles fingiam que mesmo os contratos não assinados eram investimentos reais, independente do dinheiro real estar envolvido ou não.

“As estatísticas oficiais têm problemas metodológicos profundos; os departamentos estão com poucos recursos. Mas o que é realmente a chave, é que o número do PIB realmente não diz muito sobre o crescimento da economia como um todo”, diz Leland Miller, do China Beige Book (Livro Bege da China), uma empresa de pesquisa que, entre outras métricas,  entrevista milhares de empresas para manter-se a par de seu crescimento.

Leia também:
O que o governo chinês fala sobre sua economia está longe da verdade
Banco Popular da China maquia dados econômicos, segundo analistas
EXCLUSIVO: Como ciberpirataria e espionagem sustentam crescimento da China

Segundo a imprensa oficial do estado, vários dados sobre o crescimento da economia foram inventados, o que é uma das razões por que a maioria dos investidores e analistas também não acreditam nos números da previsão de crescimento para todo o país.

“Neste momento, eles têm uma economia que não está crescendo 7 por cento; está mais para 1 ou 2 por cento. Em Pequim eles mesmos estão dizendo, em conversas privadas, que o crescimento é, na verdade, algo em torno de 2,2 por cento “, diz Gordon Chang, autor do livro “T”Neste momento, eles têm uma economia que não está crescendo 7 por cento; está mais para 1 ou 2 por centohe Coming Collapse of China.”  Porém, segundo dados oficiais, o PIB chinês cresceu 6.9 por cento no terceiro trimestre.

O investidor bilionário Wilbur Ross (assista ao vídeo) olhou para os dados da produção e do consumo reais para fazer a sua avaliação, ao invés de confiar apenas nos dados oficiais:

“A economia chinesa claramente não está crescendo qualquer coisa como 7 por cento. Sentimos, há um par de anos, que esses números eram muito, muito generosos. Se você olhar para os indicadores físicos como eletricidade, o consumo de gás natural, o consumo de petróleo, o consumo de cimento, o consumo de aço, o consumo de telecom, varejo de vendas, se você olhar para todos esses indicadores, nenhum deles estava crescendo a uma taxa equivalente a 7 por cento, e muito menos as exportações.”

Afinal de contas, qual é o verdadeiro PIB da China depois de tudo? Ninguém sabe ao certo… Confira aqui mais algumas informações.

 
Matérias Relacionadas