Ao menos 28 pessoas morrem em bombardeios no norte da Síria

Pelo menos 28 pessoas entre as quais 11 civis morreram ontem (11) numa sequência de bombardeios em uma localidade ao norte da Síria controlada pelo grupo extremista Estado Islâmico.

“Onze civis, mulheres e crianças morreram e 17 ficaram feridas”, disse o Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

No total, a aviação efetuou seis ataques sobre o povoado de al-Bab, no norte do país, declarou a organização não-governamental.

Nos últimos dias o Estado Islâmico, que controla a povoação, começou a fixar posições entre os civis utilizando-os como escudos humanos, para evitar os bombardeios.

Por outro lado, 17 pessoas ficaram feridas, entre as quais quatro crianças, na sequência de ataques da aviação de Damasco em Douma, uma cidade da periferia da capital síria, disse à France Presse o diretor do Observatório Sírio dos Direitos Humanos, Rami Abdel Rahmane.

Douma encontra-se cercada pelas forças governamentais há mais de um ano.

De acordo com o observatório, outros combates entre o Estado Islâmico e grupos rebeldes registraram-se em Marea, uma localidade ao norte de Alepo.

iOnline

Editado pelo Epoch Times

 
Matérias Relacionadas