2013 – O Ano da Cobra

Felicidades no ano da cobra. O símbolo da cobra significa fortuna, os fogos de artifício representam paz e o peixe é a abundância (S. M. Yang/The Epoch Times)

Enquanto o dragão celestial se despede, este ano que se inaugura no domingo 10 de fevereiro no calendário lunar chinês dá as boas vindas a inteligente cobra, marcando consequentemente o Ano da Cobra.

O Ano Novo Chinês, também conhecido como Festival da Primavera, começa no 1º dia do 1º mês lunar chinês e termina no Festival da Lanterna, no 15º dia do calendário lunar. O Festival da Lanterna é a festividade mais importante para o povo chinês e é celebrado compartilhando comidas típicas de ano novo, soltando fogos de artifício, visitando parentes e amigos, distribuindo pacotes vermelhos com prendas e, obviamente, desejando-se feliz Festival da Lanterna e próspero ano novo.

Por sua vez, a cobra é um dos animais no ciclo zodiacal do calendário chinês. Ela é um dos seres mais misteriosos e simboliza sabedoria e grande poder de dignidade. As pessoas nascidas nos anos de 1893, 1905, 1917, 1929, 1941, 1953, 1965, 1977, 1989, 2001 e 2013 estão sob sua influência.

A cobra é o sexto animal, logo após o dragão, na ordem do zodíaco chinês, que é constituído de 12 animais associados com 12 ramos terrestres, respectivamente. São eles: rato (子), touro (丑), tigre (寅), coelho (卯), dragão (辰), cobra (已), cavalo (午), carneiro (未), macaco (申), galo (酉), cachorro (戌) e porco (亥).

No Ocidente, onde o cristianismo prevalece, a cobra (serpente) é considerada um animal vicioso, brutal e ameaçador. Segundo a Bíblia, a serpente tentou Adão e Eva a comerem o fruto proibido. Daí a cobra ser frequentemente considerada um símbolo do mal e do diabo.

Os chineses chamam o ano da cobra de ano do pequeno dragão. Na tradição chinesa, a cobra tem sido muitas vezes associada ao dragão. De acordo com um antigo mito chinês registrado na literatura chinesa, Fu Xi foi um enviado divino que transmitiu cultura ao povo chinês e foi descrito como um ser humano com corpo de dragão ou corpo de cobra.

No Japão, a cobra branca é considerada o deus da felicidade e o mensageiro do deus da riqueza que pode florescer negócios e fortunas. No ano da cobra, japoneses se congratulam desejando mudança e boa sorte dizendo algo que soa como “pele de cobra”, que em japonês é similar a “trocar a pele”.

2013, o Ano da Cobra (Jade Hsiao/The Epoch Times)

Personalidade

Na China, bem como na Ásia oriental, pessoas nascidas no ano da cobra são consideradas de grande talento, perspicácia e observadores. Elas são frequentemente decididas, eficazes e capazes para tomar decisões rápidas. São também inteligentes e sensíveis.

Porque a maioria das pessoas não tem uma boa impressão com cobras, por considerarem um animal negativo, os nascidos no ano da cobra são identificados como silenciosos, reticentes e indiferentes. No entanto, eles são emocionais, bem-humorados e atraentes. Sua aparência e sentimentos internos são totalmente diferentes, por isso, as pessoas que se dão bem com elas evitam uma primeira impressão de rejeição.

A cobra se desloca com extraordinária flexibilidade e pode atacar de repente e prontamente quando necessário.

Observando as características desta criatura, as pessoas nascidas no ano da cobra enfrentam bem dificuldades e dificilmente são questionadas numa disputa. Elas não agirão sem considerarem cautelosamente e é muito provável que atinjam seus objetivos, pois lutam com consistência e persistência.

Com forte curiosidade, elas geralmente são boas fazendo pesquisa. É difícil para elas acreditar sem verificar pessoalmente. Elas têm normalmente forte autoconsciência, portanto, sentem dificuldade em ouvir outras opiniões.

Em geral, a maioria das pessoas-cobra está engajada em trabalho intelectual, porque tem pensamento preciso e talento superior. Muitas delas alcançam fortuna e status social. Carreiras adequadas para elas incluem política, filosofia, relações exteriores, administração, direito, psicologia e educação. Não é difícil para elas serem bem sucedidas. No entanto, se elas são enganadas, podem se desviar para o mal.

Diz-se que as pessoas nascidas no ano da cobra são sortudas e afortunadas. O desejo delas de possuir dinheiro não é uma exceção. Por isso, outros podem considerá-las mesquinhas. Entretanto, as pessoas-cobra também atribuem importância aos sentimentos. Uma vez que sua compaixão é despertada, elas se tornam doadoras generosas e ajudam os outros intensamente.

Em seu lado negativo, por vezes, elas podem parecer mansas e humildes, quando na verdade estão sendo hipócritas e egoístas. Dificilmente esquecerão uma ofensa, mesmo após muito tempo, e ao verem outros terem grande sucesso, podem fingir indiferença, quando de fato sentem inveja. Mas elas lutarão pelas coisas que amam com todas as suas forças.

As pessoas nascidas no ano da cobra geralmente tem uma aparência agradável. Os homens são frequentemente galanteadores, arrojados, inteligentes, atraentes e românticos, enquanto as mulheres, em sua maioria, são charmosas e apresentam uma natureza misteriosa e atraente, além de particular fascínio.

Algumas personalidades nascidas no ano da cobra são: o Imperador Kangxi, Johann Wolfgang von Goethe, Franz Peter Schubert, Abraham Lincoln, Alfred Bernhard Nobel e Mohandas Karamchand Gandhi.

(The Epoch Times)

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas