10 desenhos brilhantes de artistas que você nunca viu

Valores universais de Verdade, Benevolência e Tolerância inspiraram esses artistas a expressar a pureza e a tranquilidade da prática espiritual através de obras de arte

Esses desenhos e pinturas inspiradores oferecem uma janela para um mundo de bondade, força e maravilha interiores. Nessas obras, os artistas compartilham a beleza e as virtudes da antiga prática de meditação Falun Gong (Falun Dafa).

O Falun Dafa é uma genuína prática de corpo e mente, totalmente gratuita, fundada pelo Sr. Li Hongzhi na China em 1992. Segundo a mídia estatal chinesa, estima-se que 70 a 100 milhões de cidadãos chineses, incluindo membros do Partido Comunista, praticavam Falun Dafa nos anos 90.

Em 20 de julho de 1999, o ex-chefe do Partido Comunista Chinês (PCC) Jiang Zemin encarou a popularidade do Falun Dafa como uma “ameaça” e deu a ordem para “eliminar” a prática, o que levou a uma repressão nacional à prática pacífica.

Apesar da pressão que esses praticantes enfrentam na China contemporânea, eles permanecem firmes em sua fé. Os valores universais de Verdade, Benevolência e Tolerância – que não são apenas os principais princípios do Falun Gong, mas também a pedra angular da antiga cultura da China – inspiraram esses artistas a expressar a pureza e a tranquilidade da prática espiritual através de obras de arte.

1. Palma de Orquídea

Eric Bess, óleo

Eric Bess é professor adjunto da Universidade de Wittenberg e é um pintor profissional.

A bela pintura de Bless mostra um homem em meditação tranquila, que é o quinto exercício do Falun Dafa. Este exercício requer sentar-se com as pernas cruzadas na “posição de lótus”. “Reforçando os poderes sobrenaturais”, como o exercício é chamado, é iniciado com a execução de posições de mãos de Buda, conforme  retratado acima.

2. Palma de Orquídea

Rose Pratt, aquarela

Rose Pratt é uma jovem artista de Cornwell, Reino Unido, e diz em sua página One Wish Studio no Facebook: “One Wish é criar com um coração puro as imagens que eu vejo e retratar algo bonito para compartilhar com o mundo”.

“Eu pintei essa tela para uma competição no Facebook dirigida por Shen Yun Performing Arts” – disse Pratt à NTD. “Durante a pintura, eu estava preocupada se conseguiria cumprir o prazo, quando olhei pela janela e vi esse lindo meio arco-íris aparecer… era como uma mensagem para ver o que eu poderia fazer se eu movesse aquele arco-íris para o final.”

Pratt explicou que a “Palma da orquídea”, como retratada na pintura acima, é usada na dança clássica chinesa. Esta peça de aquarela de Pratt levou 10 horas para ser concluída, e “para minha alegria, ficou em segundo lugar na competição”.

3. Lótus Dourada

Rose Pratt, óleo 2014/15

“Esta é a minha primeira pintura a óleo de 2014”, explicou Pratt. “Eu me lembro da história da flor de lótus, erguendo-se das águas barrentas e abrindo-se pura e limpa. A cor dourada inspira-se naquele sentimento celestial que senti pela primeira vez quando a magia emanadora começou a fluir. Ser capaz de seguir esse caminho do Falun Dafa é expressar a beleza e a magia ao nosso redor e esse desejo ganhando vida.

4. Ellen Meditando

Wattana Bo, lápis, caneta e tinta

“Ellen” pode ser vista com sua camiseta amarela do Falun Dafa com as mãos juntas em uma posição chamada “jieyin”.

O artista Wattana Bo é de Kingston, Nova York. Em sua página no Facebook, ele escreveu: “A beleza perfeita é como água pura. Não tem sabor circunstanciado.”

Ele disse à NTD que sua arte é “arte com um propósito”. Bo se dedicou a criar obras de arte com o espírito e a tradição dos antigos para inspirar e realçar a beleza no coração das pessoas.

Mais do trabalho de Bo pode ser visto em comicartfans.

5. Tocadora de Guqin

Wattana Bo /Lápis, caneta e tinta

Este lindo desenho de uma donzela celestial é inspirado no Shen Yun Performing Arts, uma companhia de dança e música chinesa sediada em Nova York. A peça evoca a ideia de um tempo na China antiga quando a música era tocada a partir do coração.

Durante a “Revolução Cultural” da China, de 1966 a 1976, os valores tradicionais e o lado espiritual da música e da arte foram atacados e minados. O movimento comunista propagando a ideologia “revolucionária” levou a nação chinesa a ser desconectada de suas raízes culturais e a essência de 5 mil anos de cultura chinesa foi praticamente destruída em apenas 10 anos. Felizmente, existem pessoas hoje como Bo, que estão fazendo sua parte pela cultura tradicional.

6. “Eu comi a refeição para que vocês não sejam punidas.”

Loc Minh Duong, aquarela

Esta aquarela é baseada em uma história verdadeira. Bai, que foi descrita acima, foi colocada em confinamento solitário por quatro anos durante sua prisão, sem acesso a um banheiro. As presas foram designadas para monitorá-la e muitas vezes abusaram dela e urinaram em sua comida, conforme relatado pelo Minghui, um centro de informações sobre as vítimas da perseguição aos praticantes do Falun Dafa.

Bai comeu a comida e disse às presas: “Eu comi a refeição para que vocês não sejam punidas”. Vendo isso, as internas foram levados às lágrimas.

Infelizmente, a Sra. Bai, que foi alvo de extrema tortura na Prisão Feminina de Xangai, faleceu em 15 de junho de 2017.

7. Molly

Wattana Bo, lápis, caneta e tinta

Este desenho expressa a tranquilidade de alguém em meditação. Ele retrata uma garota de aparência serena, cercada por flores de lótus, que são retratadas para representar sua pureza e um coração livre de preocupações

8. Zhen Shan Ren

Wattana Bo, lápis, caneta e tinta

Lembrando aqueles que morreram por sua fé, a obra também capta a firmeza espiritual das representadas, cada uma segurando os três princípios, cuja pronúncia é “Zhen, Shan, Ren”.

9. Chegando ao Grupo de Prática

Wattana Bo, lápis, caneta e tinta.

O desenho de Bo, que é acompanhado pelo poema abaixo, mostra que, não importa quão frio seja o rigoroso inverno, os praticantes do Falun Dafa são sempre determinados em sua prática de cultivo e são até capazes de sentir alegria em meio a dificuldades.

Inverno ardente

Chuva, vento, granizo ou neve

elementos que tornam o corpo frio;

Chegando ao Grupo de Prática

Meu coração (Xin) estará sempre caloroso.

10. Pare a Perseguição!

Wattana Bo, lápis, caneta e tinta

Wattana Bo está sempre empenhado em aumentar a conscientização sobre a perseguição aos praticantes do Falun Dafa. E faz isso usando seu talento para atrair as pessoas do mundo através da arte.

Nota do editor:

O Falun Dafa é uma prática de cultivo da mente e do corpo que ensina a verdade, a compaixão e a tolerância como uma forma de melhorar a saúde e o caráter moral e alcançar a sabedoria espiritual.

Para mais informações sobre a prática, visite www.falundafa.org. Todos os livros, música de exercícios, recursos e instruções estão disponíveis gratuitamente.

 
Matérias Relacionadas